Google+

26 de mai de 2013

Run ! Bitch Run !

A vingança de uma inocente religiosa


Atenção: abaixo irá ter diversos palavrões, se você se sentir ofendido, saia daqui e não olhe para trás !!!! Caso contrário, irei chamar o... irei chamar... Lobo ! Não sabe quem é ? Então leia !!!

RBR (Run ! Bitch Run ! vou abreviar para ficar mais fácil) é mais um filme onde uma inocente é humilhada, estrupada e após quase morrer parte em busca de vingança. Podemos dizer que esse filme é uma ''homenagem'' aos ''A Vingança de Jennifer'' (que inspirou Quentin Tarantino em Kill Bill) ou ''Sob Domínio do Medo'' ou até quem sabe os próprios ''Kill Bills''.
Com uma historia apenas para ''encher linguiça'' RBR, é sobre uma dupla de estudantes religiosas que vendem bíblias de porta em porta, mas em uma das casas vivem um trio de chapados que praticam um jogo cruel !!!

Catherine & Rebecca
O filme começa com ''trepação'' e consumo de drogas numa casa velha entre três casais (mas cada um em comodos separados), em um deles um gordão (Mike Tursi) é morto por Marla (Ivet Corvea), após ele pegar seu dinheiro de volta e chama-la de puta (uma puta que não gosta de ser chamada de puta kkkkk).
Off: Nessa eu vou defender ele, pois a puta não se presta nem para fingir que está gostando...
Marla quebra um vaso na sua cabeça a aplica varias facadas, chamando a atenção dos outros que estão na casa. Lobo (Peter Tahoe) que é o lider do ''pedaço'' e Clint, (Johnny Winscher) um viciado em drogas e filmes pornos com freiras, chegam e dá a entender que gente morta nessa casa é a coisa mais normal do mundo !!! Para facilitar cortam o corpo para caber numa sacola !!!!

A turma da ''pesada'', Marla, Clint e Lobo !
Então somos apresentados a dupla de vendedoras, Catherine (Cheryl Lyone) que é muito religiosa e inocente, e Rebecca (Cristina DeRosa) que é mais ''sapeca'' e esperta, e ambas são lindas (ok, isso não é importante, ou é ?) !!!!!
Elas estavam se dirigindo para uma cidade chamada Juneberryn, mas um desconhecido as indica passar numa cidadezinha no caminho chamada Mosley: -Eu deveria ter sido legal e agido corretamente com elas ! Diz após ambas partirem, será que que isso é o indicio que coisas ruins irão acontecer ?????? NOSSA !!!!

Bem após visitar umas casas e serem ''corridas'' (inclusive numa foi bem engraçado, onde uma mulher as atendeu com os peitos de fora kkkk) elas descanção e são roubadas por um guri vendedor de laranjas (mas que azar o delas...) Sem dinheiro, só resta continuar trabalhando até que elas chegam na casa errada, a casa de Lobo, aí que o bicho pega !!!!! Elas assistem sem querer um assassinato, de Carla, que roubou droga do líder. Lobo e Clint vão se livrar do corpo e vão até um ferro velho onde Jocko-O (Daniel Demello) e Dweezyl (Ryan Henslee) fazem esse serviço sujo. Inclusive Carla trabalhava para Jocko-O: -Ela atravessava a fronteira para buscar droga para mim ! -Ela fazia de tudo, dava a bunda, fazia boquete, e coisas que nem te conto ! 

Enquanto isso, as duas ficam com Marla, que as humilha de varias formas até que após uma ''roleta-russa'' Rebecca é morta.
Quando Lobo volta para casa diz para Marla: -Caramba, toda vez que fica sozinha em casa alguém morre ! Mais um corpo para se preocupar ! Então o trio coloca a morta e a viva no porta mala do carro e vão para floresta, e aí que iremos saber o porque do nome do filme:
-O que vão fazer comigo ? pergunta Catherine
-Brincar, só não podemos te encontrar. Se te encontrarmos, fodemos contigo, é só uma brincadeira. Responde Lobo - É como esconde-esconde, só que muito mais divertido ! Você corre e se esconde, quando te encontrarmos, ou virmos você, te fodemos ! Te encheremos de creme de leite fresco e faremos uma torta inteira ! Bem, pode correr ! CORRA ! PUTA, CORRA !!!!!


Corra ! Puta, corra !
Alguém tem alguma duvida que a coitada é pega e estuprada ? Pois é, Lobo a encontra e tem seu momento de êxtase, que depois volta e manda Clint fazer o mesmo e mata-la. Clint que tinha negado no inicio, vai atrás de Catherine , que começa a molesta-la, mas ao ver o terço que ela carregava, começa ''pensar'' e a deixa fugir, que cai e fica desacordada. Ele volta com as roupas dela ''comprovando'' que a mesma está morta e Lobo então fica muito feliz !

A desamparada Catherine...
Catherine então fica vagando (nua !) até que desmaia e é levada ao hospital. Após um tempo, ela se recupera e se veste de enfermeira e parte para a vingança ! De menina inocente, se torna a uma mulher com ''sangue nos olhos'' ! Após sair do hospital (com muita facilidade por sinal) sua primeira ''vitima'' é um cafetão que tentou tirar uma ''onda'' com ela e acaba tendo os olhos perfurados !!!!!

O cafetão se deu mau !!!

A vingativa Catherine vai até o ferro velho e consegue umas armas para ajuda-la na vingança (e ela aprende rápido a usar), o legal que lá ela encontra Dweezyl transando com a falecida Carla !!!!!!!!! kkkkkkkkkkkk
Sobre o filme vou ficando por aqui, não vou mais dar spoiler, assistam essa divertida vingança.

Falando um pouco sobre a atriz principal, Cheryl Lyone, RBR é seu segundo filme, sua estreia na sétima arte foi na comedia ''Grindin'' em 2007. Participou também da serie ''True Blood'' em dois capítulos e na ''Law & Order: Los Angeles'' em um capitulo.
Lyone é orfã de pai e mãe, com isso foi criada junto com seus outros três irmãos num orfanato no estado do Texas. Desde os 9 anos decidiu ser atriz após assistir um filme com Judy Garland. Outra curiosidade, ela é faixa vermelha de Tae Kwon Do (duas antes da preta).

Algumas imagens de Lyone !
RBR foi dirigido por Joseph Guzman que é seu primeiro filme como diretor, antes trabalhou como produtor no ''Driving Bill Crazy'' e em dois curtas. Guzman também dirigiu ''Nude Nuns with Big Guns'' (Freiras Nuas com Grandes Armas, logo estará aqui no blog).

Enfim, RBR fica longe de ser um ''Vingança de Jennifer'' mas diverte, de uma chance !

Outras capas.
Trailler


Run ! Bitch Run !
Estados Unidos
90 minutos - 2009

Diretor:
Joseph Guzman

Elenco:
Cheryl Lyone (Catherine)
Ivet Corvea (Marla)
Peter Tahoe (Lobo)
Johnny Winscher (Clint)
Cristina DeRose (Rebecca)
Daniel Demello (Jocko-O)
Ryan Henslee (Dweezyl)


Download (versão legendada)



18 de mai de 2013

Cannibal Holocaust

O filme mais controverso da história


Em 1972, o diretor italiano Umberto Lenzi teve uma ideia inspirada no filme ''Um Homem Chamado Cavalo (A Man Called Horse)'' que é um filme onde um aristocrata inglês é capturado por uma tribo e é feito de escravo, e fez em 1972 o ''Il Paese del Sesso Selvaggio (The Man from the Deep River)'' onde conta a historia de um fotografo que é capturado por uma tribo tailandesa que o faz de escravo, a diferença que essa tribo é de canibais. Inclusive foi lançado no Brasil em DVD com o nome de ''Mundo Canibal''. Esse foi o primeiro filme de canibais, que assim criou um sub gênero que foi muito popular na Itália nos anos 70 e 80 com milhares de imitações, umas boas, outras nem tanto.

Off: Existem milhares de sites que tratam desse filme, que novidade poderia trazer aqui ? Talvez nenhuma, mas além de eu ser fã, tem um motivo especial que no final da resenha vocês irão saber o real motivo desse filme estar aqui !

Em 1979, o diretor Ruggero Deodato foi contatado por produtores alemães para dirigir um filme de canibais inspirado no ''Ultimo Mondo Cannibale'' também de Deodato, após aceitar o convite, convidou seu amigo Francesco Palaggi para produção e assim voaram para a Colômbia. Após conhecer uma documentarista no aeroporto de Bogotá, foi sugerido ao diretor uma cidade chamada Leticia que contém um pedaço da floresta amazônica e seria ideal para as filmagens.

Para ter um ''ar'' de documentário, Deodato contratou atores inexperientes em Nova Iorque até porque decidiu fazer esse filme na língua inglesa e ter um publico mais amplo. São eles:

-Gabriel Yorke, o Alan Yates esse escolhido pois era do tamanho ideal para o figurino que tinha sido comprado;
-Francesca Ciardi (que é italiana mas fala inglês), a Faye Daniel;
-Pery Pirkanen o Jack Anders;
-Luca Barbareschi (uruguaio radicado na Itália, mas que fala inglês), o Mark Tomaso;
O ator mais conhecido é Robert Kerman que começou a carreira em filmes de entretenimento adulto (se é que me entendem) sobe o pseudônimo de Richard Bolla.

Os documentaristas antes da viajem a Amazônia
Durante as filmagens, aconteceram inúmeros fatos curiosos até devido ao nível de crueldade que o longa tem, como por exemplo a atriz Ciardi convidou Yorke para fazerem sexo para diminuir a carga de tensão de uma próxima cena, Yorke recusou causando um aborrecimento na atriz; ou na cena de sexo entre os dois onde ela se recusou a tirar a camisa fazendo com que Deodato gritasse com ela.
Teve uma cena muito perigosa, onde os nativos são colocados numa cabana e os personagens de Pirkanen e Tomaso ateiam fogo, aí os índios ficaram tempo demais podendo ter causando um acidente seríssimo.
E a pior de todas é sobre as matanças de animais; sete animais foram mortos durante o filme, seis aparecem no filme, um no caso é de um macaco, onde foi filmado duas vezes. Pirkanen inclusive teria chorado na morte da tartaruga. Dizem que todos os animais foram comidos pelos nativos e pelos atores (mais curiosidades no final...)

Miguel vai preparar o almoço !
Cannibal Holocaust popularizou o gênero ''canibais'' trazendo muita violência explicita, e um estilo de filmagem para parecer um documentário, com a câmera ''tremendo'' em pontos chaves.
Obviamente, foi censurado ou banido em diversos países, para se ter uma ideia, na Itália o filme só foi lançado depois de 20 anos ! Ainda hoje é proibido na Alemanha, Nova Zelândia, Índia entre outros.
Falando em censura, banimento e problemas legais, esse longa trouxe muita dor de cabeça a Deodato, pois na época foi considerado um ''Snuff Movie'' (onde um ator morre de verdade na cena), onde o diretor teve que provar que os atores estavam vivos (Deodato quase foi preso acusado de assassinato), até porque a grande sacada que teve foi por no contrato, onde os quatro atores principais não poderiam aparecer na mídia durante um ano, mas então teve que quebrar para não piorar a situação.
No fim, após provar que os atores estavam vivos Deodato teve sua licença de diretor suspensa devido as mortes dos animais.

Lançado no ano seguinte dia 7 de fevereiro, o filme conta a historia de um antropólogo, o professor Harold Monroe (Robert Kerman) que viaja para a Amazônia a procura de quatro documentaristas que sumiram a dois anos. Monroe encontrada os filmes perdidos que mostram o destino deles.

No inicio e no fim do fime tem uma mensagem para ''enganar'' o espectador a acreditar que esse historia é verdadeira.
''Para manter a autenticidade, algumas cenas foram mantidas sem cortes''
''O projetista John K. Kirov recebeu uma sentença de dois meses de prisão pelo roubo das imagens mas foi alterada por uma multa de 10 mil dólares. É sabido que o mesmo tenha recebido 250 mil pelo material.''
A primeira parte do filme mostra Monroe em busca de pistas sobre o paradeiro dos quatro. Após uma chacina imposta pelos militares aos índios, o antropólogo é apresentado a Chaco (Salvatore Basile) e Miguel (pesquisei muito e não encontrei o nome desse ator) que serão seus guias na selva e ainda terão a companhia de um nativo que foi feito de prisioneiro para ajuda-los nas buscas.
Um dos primeiros momentos de tensão presenciados por Monroe é quando Felipe mata um quati (um animal parecido com o guaxinim) com uma canivete, e como já citado, é uma cena real, sem edições onde o quati morre de verdade. Depois presencia uma mulher ser estuprada e morta por um nativo.
Após passar por ''poucas e boas'' e fazer ''amizade'' com tribos, Monroe já ciente que os quatro estão mortos, encontra as fitas com as gravações e volta para a cidade.

Monroe e Chaco saboreando uma bebida indígena !

Monroe sendo ''molestado'' pelas índias !
Na segunda parte é apresentado o que continha nos filmes, é aqui que o ''bicho pega'', com cenas de estupros, humilhações, mais mortes de animais e muito mais.
Executivos querem que as fitas chegam divulgadas enquanto Monroe é mais cauteloso e é contra a divulgação.
Os trechos onde o documentaristas estão filmando (é realmente os atores que filmam) foram gravados com câmeras de 16mm com nenhuma edição (até porque eles foram mortos certo ?), trazendo mais realidade ao longa. Nunca os quatro aparecem na mesma cena, outra sacada legal de Deodato. Nos videos é revelado como eles foram mortos e a conclusão que se tem é que tiveram um destino merecido (quem viu sabe o porque).

Os documentaristas filmando um parto
A trilha foi composta por Riz Ortolani famoso musico italiano que tem no seu currículo mais de 200 filmes incluindo Kill Bill Vol. I & II, Bastardo Inglorios e Django Unchained. Ganhou um Grammy e foi indicado ao Oscar pela trilha do documentário Mondo Cane. A trilha de Cannibal Holocaust chegou a ser lançada em CD.

Inspirou o filme ''Bruxa de Blair'', mesmo que seus diretores neguem, alias, com o sucesso da Bruxa, Cannibal Holocaust foi relembrado e com isso mais conhecido, e com a ajuda da internet, se espalhou ainda mais no mundo todo. Enfim, se você gosta (como eu) de ''Atividade Paranormal'', ''[REC]'', ''Cloverfield'' entre outros, devemos agradecer Ruggero Deodato !

Cannibal Holocaust fez sucesso (e ainda faz) no mundo todo (claro, nós países que pode ser lançado, dã),
no Japão por exemplo, ficou na época em segundo lugar nas bilheterias, perdendo apenas para o ''E.T'' de Spilberg. Deodato viaja o mundo em festivais de cinema para ainda comentar sobre essa obra. Mas falando em festivais de cinema, o outro motivo que tive para escrever, é devido eu ter assistido no IX Fantaspoa !!
Cannibal Holocaust e Deodato foram homenageados !!!

IX Fantaspoa 2013 - Inicio 



Eu nunca tinha ido no Fantaspoa, sabia que existia, mas não sei porque nunca quis ir, bem, nas minhas navegadas pela internet, li que o famoso diretor italiano estaria aqui em Porto Alegre para receber a homenagem e ainda debater sobre o filme, dia 12/05/2013 ! Seria uma ótima oportunidade para conhecer o Fastaspoa; então uma semana antes, estaria aqui o diretor catarinense Peter Baiestrof numa sessão comentada e assim era uma ótima oportunidade para conhece-lo e também conhecer o ''clima'' de uma sessão desse festival. Como desgraça pouca é bobagem, após 30 minutos na fila, quando chegou minha vez para comprar o ingresso, os mesmo terminaram !!! PQP !!! Parece cena de roteiro de filme trash... =( Enfim, acredito que ano que vem o Peter esteja aqui, mas Deodato não, é uma oportunidade unica para ver o diretor de um dos filmes que mais gosto. Desta vez cheguei bem cedo e consegui comprar o ingresso, ufa.

Após o termino do filme (nunca imaginei que veria Cannibal Holocaust no cinema) começou a sessão comentada que também estava presente o musico Claudio Simonetti que trabalhou com George Romero e Dario Argento e o jornalista Felipe Guerra autor do blog Filmes Para Doidos. Tive a oportunidade de fazer uma pergunta: -como foi gravar com os índios e quais as dificuldade de gravar na selva ?
Resumindo a resposta, foi maravilhoso trabalhar com os índios, fizeram um ótimo trabalho. Tem uma curiosidade que quando chegamos na Colômbia, as tribos estavam numa reserva e estavam muito gordos, não combinando com os guerreiros que tinham que ter no filme, assim convidamos os índios brasileiros que estavam em forma para o longa - respondeu Deodato. (esqueceu de responder sobre a selva, mas tudo bem)

Ruggero Deodato - Claudio Simonetti - Felipe Guerra
Outra curiosidade que o diretor comentou foi quando a cozinheira do filme estava cansada de fazer apenas peixe para comer, e perguntou para o diretor se não tinha outra coisa, foi então que surgiu a morte do porco que alimentou os atores.
O primeiro estupro do filme, na verdade não era uma atriz, e sim a figurinista Lucia Constantini que pediu para Deodato fazer uma cena, e então teve a ideia de filma-la.
O diretor comentou que nos festivais pelo mundo afora, diversos fãs mostram tatuagens referente ao filme, principalmente a cena do empalamento.
A ultima curiosidade, a cena do empalamento, Deodato comentou que foi usado um banco de bicicleta  e um pedaço de canoa, na boca da atriz, que na época era uma adolescente. Quentin Tarantino num festival perguntou ao italiano quando custou para fazer essa cena, Deodato respondeu: uns 10 dólares !

Cena do empalamento direto do cinema !!!
IX Fantaspoa 2013 - Fim

Foi lançado no Brasil em DVD apenas em 2010 (apesar de já ter passado em alguns cinemas na década de 80) pela Platina Filmes, infelizmente ''pelado''; sem nenhum extra, lamentável...

Capas de varias versões de Cannibal Holocaust
Concluindo, esse filme é para poucos, se você já assistiu as series ''Faces da Morte'' e ''Traços da Morte'' não terá dificuldade para ver Cannibal Holocaust que apesar de toda a violência, traz ainda uma lição: quem são os verdadeiros canibais ?





Trailer

                                      

Cannibal Holocaust
Itália
95 minutos - 1980

Direção:
Ruggero Deodato

Elenco:
Robert Kerman (Harold Monroe)
Gabriel Yorke (Alan Yates) 
Francesca Ciardi (Faye Daniel)
Pery Pirkanen (Jack Anders)
Luca Barbareschi (Mark Tomaso)
Salvatore Basile (Chaco)
Ricardo Fuentes (Felipe) 


Download (versão legendada sem cortes)

Extras:

In the Jungle: The Making of Cannibal Holocaust
Download (legendado em inglês)

Trilha sonora
Download

Quer mais uma informações ?  Leia o artigo do Felipe Guerra na revista Rumores
Clique aqui

11 de mai de 2013

Retard-O-Tron I & II

Coleção de bizarrices extremas !!!


Nas décadas de 80 e 90, o videocassete era muito popular e permitia ao usuário utilizar uma ótima função, que era gravar os programas na TV. Era possível até programar o aparelho para começar a gravar no horário e canal que quisesse !!! A fita ''virgem'' não era tão barata, como é hoje um CD/DVD por exemplo, mas era muito fácil encontrar pessoas com pilhas de gravações de programas, filmes, novelas, seriados e até jogos de futebol. Infelizmente, se não tivesse um cuidado, com o tempo as fitas acabam se deteriorando que acabam  diminuindo a qualidade do áudio e do video.
Com a chegada da internet, muitos internautas que tinham essas fitas em casa converteram esses videos e jogaram na rede; hoje esses tipos de video são chamados de ''mixtapes''.
Se pegarmos uma foto antiga, é normal acharmos engraçado o cabelo ou a roupa da época não é ? É a mesma coisa com videos ! Hoje esses mixtapes se tornaram hilários e assim vários grupos fizeram uma coletânea e lançaram sobre diversos nomes. Acredito que o mais conhecido seja esse aqui do post.

Um programa japonês...

O porquinho dançando....
A primeira resenha dupla ! Retard-O-Tron junta muitos videos que hoje posso dizer que são engraçados; na época pode ser que não.
Retard contém os mais bizarros videos que você possa imaginar, tem de tudo que é podre, mas podre mesmo, vou citar alguns exemplos: uma mulher defecando dentro de um prato, trechos de filmes pornográficos onde uma mulher vomita na cara de outra ou de homens urinando em mulheres e vice-versa; um velho mexendo na privada e apagando a luz, deixando o interruptor cheio de merda ou ainda.... parei !!!!! Ta louco !!!

Festinha...

Torta na cara !!!
Esse show de horror não é só isso, tem muitas cenas ''digamos'' mais light, como um trecho do clipe trash da musica ''Hooked on a Feeling'' do ator e cantor David Hasselhoff, o Michael da ''Super-Maquina'' ou Mitch de ''SOS Malibu''; ou diversos trechos de filmes B e de propagandas engraçadas.

David e seu ''ótimo'' clipe musical !

Sim, ela está sem calcinha e pode reparar que esse programa é ao vivo !
No segundo volume, além de todos os tipos de cenas pornos possíveis (mulheres ''cheirando'' esperma, já viram ? Cheirando eu quero dizer como cheirar cocaína entenderam ?), uns trechos para se destacar: videos de bastidores do cantor e ator Lester Green mais conhecido como Beetlejuice onde aparece transando, brigando e até andando pelado nas ruas; uma fã fanática pelo guitarrista Steve Vai onde faz uma pequena homenagem ao musico como apagar uma vela com a ''periquita'' ou usar uma cenoura para se masturbar (esse video é famoso no inicio da internet); Susan Sykos ou ''Busty Heart'' a mulher super peituda que consegue segurar bola de boliche com as tetas e os diversos programas bizarros japoneses.

Beetlejuice se divertindo !!!

Mas é um gatão !!!!
Retard foi criado por um grupo chamado ZLQL3000 em conjunto com a revista canadense Cinema Sewer que é uma publicação para o publico trash (meio obvio né ?). Existe desde 1997 e tem publicações trimestrais e já foi lançada até na Inglaterra em coletaneas especiais em 2007 e 2008.

Filme japa...

''The Food of the Goods'' um filme B citado !
Acredito que foi possível reparar que esses filmes (ou o que vocês queiram chamar) é PROIBIDO para menores de 18 anos, devido as já comentadas cenas explicitas de sexo, e também as pessoas cardíacas  pois contém algumas cenas de acidentes de carro/moto e com skate/bicicleta. Em geral, qualquer um que se surpreenda fácil não deve assistir !
Portanto, se você quer fazer algum agrado para a namorada, convidando-a a assistir um filme divertido, NÃO CONVIDE PARA VER ESSE !!!!! Fica a dica ! Não fiquem brabo comigo, eu avisei !!!! (claro, a não ser que ela não se importe e tenha estomago forte kkkkkk)

''Propaganda'' de um famoso biscoito recheado !!!
E após alguns anos de espera, a galera do ZXQL3000 colocou no seu site o trailler do volume 3 !!!
Site Oficial

Retard-O-Tron I
Canadá
2006 - 95 minutos

Direção:
Grupo ZXQL3000


Retard-O-Tron II
Canadá
2008 - 103 minutos

Direção:
Grupo ZXQL3000

Download (I - sem legendas)
Download (II - sem legendas)
Download (legendada separada em inglês dos comentários do volume II)




5 de mai de 2013

Wet Wilderness

Uma bosta de sétima categoria


Nas minhas ''navegadas'' pela internet em busca de filmes, me deparo com essa capa que ''cá pra nós'' é bastante chamativa; nos leva a crer que esse filme é um slasher dos melhores, visto que temos um assassino mascarado com seu machete ensanguentado e uma gostosa pelada na floresta.
O que um merchandising não faz né ?

Esse filme é uma das piores coisas que já vi na minha vida, é uma porcaria das mais porcas já feitas, fico imaginando como alguém tem coragem de fazer uma merda tão grande !!!
Vou colocar meu cérebro para trabalhar, um grupo de amigos estão numa casa de campo curtindo uma festa regada a bebidas e drogas onde ''ninguém é de ninguém'' quando um deles que tem uma filmadora pensa em fazer um filme. Como todo mundo já está chapado, adoraram a ideia e então começaram a gravar suas transas e um deles pegou um machete, colocou uma mascara e disse: -Eu sou o vilão, pois sou o dono da filmadora ! E então foram filmando e o resultado foi isso....
Lembrando que as linhas acima foram fruta da minha imaginação, ok ? Só assim para fazer algo desse tipo, ta louco !

A historia dessa perola é a seguinte: uma família (a mãe, o filho, a filha e a namorada; sim namorada) está acampando (ou passeando) no meio da floresta quando aparece um maniaco sexual que força todo mundo a fazer sexo antes de mata-los.
Lendo esse minusculo resumo parece que teremos um divertido filme de horror mas bem, Wet Wilderness é divertido, mas divertido de tão ruim, é impossível se assustar com isso !!! Talvez a unica coisa que assuste é a axila dessa mulher...

Repararam ?

Wet Wilderness conta com cenas de sexo explicito da pior qualidade, não tem uma mulher que ''escape'' (a filha até da para dar um desconto), a mulher desenhada da capa do DVD é melhor que qualquer atriz (se é possível chamar essas pessoas de atriz), vai por mim.

Após os créditos iniciais com a musica ''chupada'' de ''Psicose'' essa bomba começa com uma família (a mãe, o filho e a filha com sua namorada, isso, sua namorada) no meio da floresta bem encantados com o que vê: ''Isso é maravilhoso, mãe'' - diz o filho. Olhem essas arvores - diz a filha. É com esses diálogos ''maravilhosos'' que o filme começa, então o casal de namoradas vão dar uma passeada na floresta até que após uma sessão de fotos com a filha, pinta aquela vontade de dar uma transada.

Sessão de fotos !

Transa vai, transa vem até que aparece o grande vilão do filme, o cara mascarado (escrito ''love'' na testa) armado com um machete e ''atrapalha'' as duas ! O legal que elas só reparam que o cara está ali depois de alguns minutos, e olha que ele fez barulho !!!! Ele então as obriga a fazer sexo oral nele, que por sinal, parece que ambas estão gostando !

A chegada do grande vilão insaciável... 
Após uma ''trepação'' das mais bagaceiras, a filha consegue fugir e o mascarado após ter seu momento de orgasmo, assassina a outra, numa cena das mais toscas ao som da trilha de ''Psicose'' !
A filha então encontra a mãe e o irmão e num ''show'' de atuação, explica o que aconteceu com a namorada.
Todo mundo então tenta sair da floresta quando dão de cara adivinhem com quem ? Vale 10 pontos !!! Ele mesmo, o homem da mascara escrito ''love'', que estava escondido numa arvore, só esperando passar uma mulher para sacia-lo kkkkkkk ! O legal que quando a filha o vê diz: -De novo não !

Tenho certeza que o mascarado vai pegar eles de surpresa...

O vilão mascarado então organiza a suruba: ele com a mãe, irmã com irmão e depois mãe com filho !!! Mas que cara mal !!!! O filho parece ser o que mais está gostando, pois beija a mãe na boca, no pescoço, a lambe.... Ou então ele era virgem e como sabe que vai morrer está aproveitando !!! Vai saber né ? kkkkkkkk

O filme sofre um corte onde aparece umas cenas que dão a entender que a mãe e o vilão estão correndo, é meio tosco de entender, pois só aparece seus rostos se mexendo na tela; quanto ao filho, ele não aparece mais, então vamos imaginar que ele foi morto, ok ?
A filha (sempre ela) que tinha fugido novamente encontra um homem amarrado e que para azar de todos, adivinhem quem aparece ???? Vale 20 pontos !!! E agora adivinhem o que ele manda fazer ??? Vale 30 pontos !!!

A filha salvando o homem amarrado.

A filha então começa o ''bola-gato'' sobre os olhares desesperados da mãe !!! Após o homem chegar ao clímax, o vilão obriga agora a mãe a ter relações com ele (o cara se recupera rápido !) e quando tem seu segundo momento de prazer ele é assassinado, agora com uma machadinha (que não sei da onde tirou, mas tudo bem); o sangue jorra !!!

Coitado...

Após tomarem um banho (sim, na próxima cena ambas não tem mais sangue no corpo), mãe e filha ''trabalham'' no vilão que deixa sua arma bem ao lado delas, a filha então pega o machete e: THE END.
O filme acabou ????!!!!! Sim acaba sem pé nem cabeça !!!! PQP !!!!

Se você deseja assistir um porno com mulheres gostosas, não assistam Wet Wilderness...
Se você deseja assistir um slasher cheio de assassinatos, não assistam Wet Wilderness...
Se você deseja assistir um drama, com uma família sendo humilhada, não assistam Wet Wilderness...
Se você deseja assistir uma comedia porno com atores muito amadores, ASSISTAM !!!!

Essa bomba atômica foi dirigida por uma cara chamado Lee Cooper que provavelmente deve ser algum pseudônimo e segundo o IMDB fez mais dois filmes, ''Winnebango'' que não tem nem sinopse e curiosamente tem o mesmo elenco de ''Wet Wilderness'' então sei lá o que pode ser..., e ''A Fantasy Fulfilled'' que é sobre troca de casais e parece que tem mulheres mais bonitas, segundo reviews em alguns sites por aí.

A musica foi ''composta'' por um tal de Melvin Devil, que a unica coisa que fez foi pegar a trilha de ''Psicose'' e ''Tubarão'' e colocar aqui, muita pilantragem !

Como citei no inicio, um bom merchandising faz um produto vender, se fossemos pelo trailler, não imaginaríamos que esse filme seria tão ruim; e para finalizar uma capa alternativa, que por sinal muito pior que a nova...



Trailer


Wet Wilderness
Estados Unidos
1976 - 54 minutos

Direção:
Lee Cooper

Elenco: (No IMDB tem o nome dos atores, mas não tem o papel de cada um, e como nos créditos não tem nenhuma referencia, então aqui vai tudo no chute)
Daymon Gerard (acho que é mascarado)
Alice Hammer (acho que é a filha)
Raymond North (acho que é o filho)
Faye Little (acho que é a mãe)

Sim, só aparece nomes de quatro ''atores'', dois ficaram sem créditos...

Download (sem legendas, mas nem precisa, é possível assistir de boa)