Google+

22 de ago de 2015

A Certain Sacrifice

O 1º filme de Madonna e adivinhem, uma bosta !


Madonna é com certeza uma das maiores artistas do mundo, segundo o Guinness Book, como artista feminina é a mais bem sucedida de todos os tempos, com mais de 300 milhões de discos vendidos em todo planeta, se contar apenas nos Estados Unidos, perde para Barbra Streinsand. Cantora, compositora, produtora, dançarina, ela é uma artista musical completa, e ainda, escritora, atriz, diretora de cinema e até desenhista de moda.

Possui diversos sucessos, "Like a Virgin", "Papa Don't Preach", "Like a Prayer", "Vogue", "Take a Bow", "Frozen" e "4 Minutes", são apenas algumas musicas que venderam milhões. A ''Rainha do Pop'', como também é conhecida, continua sempre nas paradas de sucesso pois está sempre se reinventando, tanto musicalmente quanto sua imagem.

Madonna no inicio da carreira a mais recentes.

Mas engana-se quem acha que ela começou como cantora, na verdade, seu primeiro trabalho artístico foi A CERTAIN SACRIFICE, filmado a partir de 1979 (Madonna com 21 anos) mas só lançado em 1985. Na verdade, nem sei se dá para dizer que é artístico, o diretor Stephen Jon Lewicki deve ter selecionado seu elenco na Rede Record, tamanha ruindade dos atores. Se a Madonna hoje pode-se considerar uma atriz, sei lá, nota 5 ou 6, na época, até por ser seu primeiro trabalho e nem ter feito algum curso de atuação, podemos chegar a nota -1. Sim, é horrível !!!

Madonna tomando uma ducha.

Talvez esse filme não tivesse ficado perdido por um ''simples'' motivo: Madonna. Em 1982, a estrela pop lançou um single chamado ''Everybody'' que foi um sucesso nas pistas de dança dos Estados Unidos, no ano seguinte, seu primeiro álbum ''Madonna'', vendeu mais de 5 milhões de copias somente em seu país natal, ganhando 5 platinas. Em 1985 foi lançado na Europa sendo sucesso na Alemanha, Espanha, França e Reino Unido.

A ''imagem'' Madonna já era conhecia em boa parte do mundo, então o que os produtores que tinham os direitos do filme fizeram ? Capitalizar em cima do longa, oportunidade de mercado ! A CERTAIN SACRIFICE foi finalmente lançado, como já citei em 1985, mas não tendo o sucesso esperado, mas claro, serve de curiosidade para quem gosta de filme ruins e principalmente para os fãs. Em 1986 chegou a passar nos cinemas americanos em sessões da meia noite.

Varias capas surgiram após o sucesso de Madonna.

Madonna devido ao resultado ridículo de sua atuação, tentou comprar os direitos do filme por 5 mil dólares, não tendo sucesso. Mais tarde, tentou banir o filme de exibição. Mais uma vez, sem sucesso. Sinceramente não entendo porque dessas atitudes, se fez, assuma PORRA ! Silvester Stalone também teve piti com o ''The Party at Kitty and Stud's'' também conhecido como ''Italian Stallion'' ou em português o ''Garanhão Italiano''. Muitos acham que é um filme porno, mas é na verdade no máximo erótico. Tem também aquele outro caso famoso no Brasil de ''Amor Estranho Amor'' com a Xuxa pelada, onde até hoje ela briga sobre os direitos do filme. Como eu gostaria de posta-lo aqui mas tenho medo que de problema com o blog.

Bem, voltando ao assunto da postagem, o filme custou apenas 20 mil dólares, (apenas ? eu achei muito pelo resultado) e foi filmado em Nova Iorque em dois anos, já que todos eram amadores e não tinham tempo para filmar. Madonna por exemplo só conseguiu completar suas cenas em 1980. É um filme totalmente independente e digamos, ''excêntrico''.

O enredo dessa merda é bem simples, Madonna, ou melhor, Bruna, mora com três ''escravos do amor'', um homem, uma mulher e um transexual, ela é bem maluca das ideias. Um dia dançando numa fonte da cidade, conhece Dashiel (Jeremy Pattnosh), ele insiste em ''cantar-la''  até que a vence no cansaço. Bruna satisfeita com seu novo amor, resolve dar um pé em seus ''escravos'' até que eles a atacam sexualmente. Não, não tem nada demais nessa cena, no máximo uns peitinhos da cantora.

Bruna e seus escravos !

Certo dia, Dashiel está almoçando quando é incomodado por Raymond Hall (Charles Kurtz), ele é tipo aqueles cara xaropes que ficam puxando assunto. Essa cena dura longos 11 minutos, isso é uma das características que cansam o filme, uma longa cena que não agrega porra nenhuma, apenas para mostrar que esse tal Hall é o ''vilão'' do filme.

Dashiel e o xarope do Hall.

Num outro dia, Hall encontra e Dashiel e Bruna numa lanchonete, o vilão acaba estuprando ela no banheiro !!! Agora que poderia ser um atrativo do filme, esse ataque não dura um minuto !!!! VSF !!!
Como vingança, Dashiel, Bruna e seus escravos sequestram Hall e o usam para um sacrifício satânico ! Putz, acabei contando quase todo o filme !!!

Hall e a cena do estupro.

Eu também tenho um certo preconceito com filmes que são narrados, não sei porque, mas se o filme tem narração, a tendencia é ser ruim, pelo menos pra mim. A CERTAIN SACRIFICE é narrado por Chuck Varesko, que foi seu primeiro trabalho. Varesko participou com sua voz em alguns episódios de ''A Família Dinossauro'' nos programas que a família assistia na TV.

A bizarra cena do culto satânico.

Por curiosidade, Jeremy Pattnosh escreveu e cantou várias músicas no filme, incluindo: "Certain Sacrifice (Raymond Hall Must Die Tonight)" e "Screamin' Demon Lover"

Para finalizar, lançado no Brasil em VHS por uma tal Machine Video.
Mais um lixo enviado pelo DougTrash, obrigado por mais essa merda !!!!

Trailer (não tem)

A Certain Sacrifice
Estados Unidos
1985 - 60 minutos

Direção:
Stephen Jon Lewicki

Elenco:
Jeremy Pattnosh (Dashiel)
Madonna (Bruna)
Charles Kurtz (Raymond Hall)
Kate Magill (Susan Porter)
Timmy Leight (The Landlady)
Michael Dane (Transvestite Slave)
Russell O. Lome (Male Slave)
Angi Smit (Female Slave)
Chuck Varesko (Narrador)

Download (versão legendada)

9 de ago de 2015

Dinosaur from the Deep

Depois de Jurassic Park...


Dinossauros constituem um grupo de diversos animais membros do clado (grupo de organismos originados de um único ancestral comum exclusivo) Dinosauria. Cientistas acreditam que apareceram há pelo menos duzentos e trinta milhões de anos, e que, durante cento e trinta e cinco milhões de anos, foram a espécie dominante no planeta, num período geológico de tempo que vai desde o período Triássico até o final do período Cretáceo, há cerca de 65 milhões de anos, quando um evento catastrófico ocasionou a extinção em massa de quase todos os dinossauros, com exceção das espécies emplumadas (relacionada as aves).

A teoria mais aceita é de que o meteorito encontrado na Cratera de Chicxulub, no México, foi o responsável pela extinção, ao colidir com a Terra e originar uma grande explosão que carbonizou bilhões de animais instantaneamente, levantando também uma nuvem de poeira tão espessa que bloqueou o calor do sol e transformou o planeta em um local extremamente frio, em um evento meteorológico similar ao inverno nuclear, eliminando as espécies sobreviventes, com exceção dos dinossauros emplumados e dos seres mamíferos, que tinham a capacidade de sobreviver em climas de baixas temperaturas devido a seu sangue quente, podendo assim se adaptar ao novo ambiente. O registro fóssil indica que os dinossauros emplumados evoluíram dos terópodes durante o período jurássico e, após o evento da extinção em massa, deram origem as aves modernas, e os mamíferos sobreviventes evoluíram até dar origem ao ser humano atual.


Usando evidências fósseis, os paleontólogos identificaram mais de quinhentos diferentes gêneros e mais de mil diferentes espécies de dinossauros, alguns sendo herbívoros, outros carnívoros, assim como havia também espécies bípedes e quadrúpedes. Muitas espécies possuíam estruturas como chifres ou cristas (Triceratopo), e alguns grupos chegarem a desenvolver modificações esqueléticas, como armaduras ósseas (Anquilossauro) e espinhas (Espinossauro). Estes animais variavam muito em tamanho e peso, com dinossauros terópodes adultos medindo menos de cinquenta centímetros (Compsognato), enquanto as maiores saurópodes podiam chegar a uma altura de cerca de vinte metros (Argentinossauro).

Embora a palavra dinossauro signifique "lagarto terrível", esses animais não eram lagartos, e sim répteis, com uma postura ereta distinta não encontrada em lagartos. Durante a primeira metade do século 20, a maior parte da comunidade científica acreditava que os dinossauros eram lentos e sem inteligência, no entanto, a maioria das pesquisas realizadas desde a década de 70 indicaram que estes animais eram ágeis, com elevado metabolismo e com numerosas adaptações para a interação social, com certos grupos, principalmente os terópodes, sendo considerados os animais mais inteligentes de todos os tempos.

Adaptado do Wikipedia.

Dinossauros faz parte da nossa cultura, existem diversos filmes, series e livros sobre esse mundo fantástico. Quem não se lembra por exemplo da ''Família Dinossauro'' com o chefe da família Dino da Silva Sauro e seu bordão: ''Querida, cheguei'' ! E seu filho caçula, o xarope do Baby que sempre acerta seu pai com uma frigideira e solta: ''Não é a mamãe'' !

Família Dinossauro.

Na literatura, sem duvida o mais conhecido livro é de Michael Crichton, ''Parque dos Dinossauros (Jurassic Park)'' de 1990 e best seller mundial. Mas talvez o que de mais famoso relacionado aos dinossauros seja o filme ''Jurassic Park'' dirigido por Steven Spielberg, lançado em 1993 e baseado no livro. Revolucionou o cinema com grandes efeitos especiais e foi o filme que mais arrecadou na história, com mais de 1 bilhão de dólares de bilheteria, sendo quebrado quatro anos depois por Titanic.

Bem, com esse sucesso todo, não demoraria para surgir os picaretas oportunistas e filmarem sua versão, possivelmente estamos falando de alguém da Itália; não, então do próprio Estados Unidos; também não, ah, é da Turquia, certo ? Errado novamente, dessa vez os picaretas vieram da França !

Sim, DINOSAUR FROM THE DEEP foi dirigido pelo francês Norbert Georges Mount ou simplesmente N. G. Mount, mal diretor, mal ator, mal escritor, mal produtor, mal editor e se bobear até mal qualquer coisa !!! Se fizesse porno, até poderia ser considerado um Sady Baby parisiense, mas se fomos comparar com o mito brasileiro, Mont perde de lavada !!! Ele pode até ser fã de cinema e tal, mas falta talento para dirigir um filme ou atuar, era melhor ter sido apenas telespectador, ou melhor; não... Foi muito bom ter feito filmes, assim é mais uma opção para o FILMELIXO !!!!

Professor Nolan.

Mas vamos ser justos, os filmes de Mont são raríssimos na internet, então se pegarmos essa bomba de DINOSAUR FROM THE DEEP, podemos ter noção de como os outros devem ser, não vai fugir muito disso. Se liguem nos nomes:
Brooklyn Cop (1998)
Le syndrome d'Edgar Poe (1995)
Trepanator (1992) - Não é porno seus mente suja
Alien Platoon (1992)
Operation Las Vegas (1990)
Mad Mutilator (1983)
Uma pena não termos essa antologia de Nolan na net, mas pelos nomes existe 99,99999% de certeza que são dignos de FILMELIXO !!!

O enredo de DINOSAUR FROM THE DEEP é algo fora do comum, em 2004, a pena de morte foi extinta, assim, aproveitando uma viajem do Professor Nolan (Jean Rollin) que irá para outro planeta que ainda existem dinossauros para estuda-los, a policia local decide enviar um condenado para ser executado, já que em outro planeta são outras leis (ou não tem lei). No retorno, um ovo de dinossauro é trazido e no fim é chocado trazendo a vida um dinossauro. que irá aterrorizar a todos.

Veja bem, tirando a parte da viajem a outro planeta e um ovo dentro da máquina do tempo é até tolerável, mas que caralho um criminoso vai para o passado para ser executado ??? Que porra é essa ? Se a pena de morte foi abolida, por que não trazem essa lei de volta ? Precisam enviar um cara ao passado para executa-lo ? Então a justiça é tipo corrupta ? Isso é uma brecha na lei para a pena de morte ? Caralho, não consegui entender até agora !!!

Professor Nolan safadinho...

Se o enredo é uma bosta, o que esperar dos demais requisitos ? Uma bosta², é obvio ! Aqui temos uma qualidade de imagem horrível, independente da ripagem do VHS, a imagem original já era digna de sofrência, ripada ficou ainda pior. O áudio em momentos está bom, em outros fica muito baixo, parece aqueles filmes pornos brasileiros que mal se escuta os ''atores'' conversando, apenas quando começa o rala e rola. A musica parece ter sido feita pelo filho pequeno de Mount, cheia de improvisação, se fosse feita no ''Pense Bem'' o resultado com certeza ficaria melhor. A iluminação também é um lixo, com muitas cenas difíceis de se decifrar o que está passando, para falar a verdade, a unica luz que se tem é a natural.

O começo já é ridículo, um careca com com uma faixa na cabeça ao melhor estilo a que o George St. Pierre usava ao entrar para lutar no UFC, é perseguido por um outro com uma arma que parece que usa a ''Light Phaser'' do Master System, pois é, os recursos são escassos. Eles estão num prédio abandonado, lembrando novamente, os recursos são escassos. Após tiros mal dados a poucos metros de distancia, o ''ninja'' acaba com a participação desse figurante.

Depois disso chega um mascarado armado com roupa militar, outros anti radiação que parecem terem saídos de Ratos, fora uma mulher de cabelo vermelho vestido igual o Wesker em Resident Evil 5. Eles também estão perseguindo o careca. O primeiro que morre o militar, o ''ninja'' escondido atrás de um pilar passa uma pedra em seu pescoço. Pedra ? Pois é, difícil de identificar o que era...
Com isso ele pega a sua arma e atira contra um outro, o fazendo pegar fogo ! Que arma poderosa !!!

Muito bem escondido ou o mascarado é cego ! E olha essa arma kkkkk
No entanto, o primeiro cara que ele o a via derrubado acorda e consegue pegar o ''ninja''. Quando iam matar ele, a mulher avisa que vale mais vivo !

Depois, numa reunião dentro do carro, dois importantes homens de negócios falam do homem que foi capturado e condenado a morte. Alias, conforme a sinopse, precisam voltar ao tempo já que nos dias atuais a pena capital foi abolida. Eles precisam financiar um cientista que irá estudar os dinossauros na época deles ! Aí é só levar o condenado e mata-lo por lá ! Simples, não ? O interessante é notar o quanto Mount tentou dar um ar americanizado do filme, mesmo sendo falado em francês. Nomes dos personagens, filmagens da metrópole (que realmente parece uma cidade americana) e algumas bandeiras dos Estados Unidos pelo caminho.

Esse cientista é o Professor Nolan que ele e seu assistente parecem curtir um ''gore'', com experiencias malucas. Quem também curte sanguinolência é a mulher do professor, ela foi capaz de comentar que ''ficará animada em o vê-lo morrer'' ! Ela é aquele tipo de mulher mimada, que não se pode dizer não, ela insiste em viajar apenas para passear !

Nesse planeta, que é um gêmeo da Terra (sim, os roteiristas são bem criativos), irão acontecer muitas aventuras, o condenado vai conseguir escapar e vai protagonizar varias travessuras, incluindo prender seus algozes. Lá também conhecemos uma mulher chamada Tania (Quelou Parente) que vive nessa época e adora dançar, principalmente para dar boas vindas. Uma curiosidade, em plena era dos dinossauros, ela tem um radio !


E os dinossauros ? A expectativa é enorme, estou muito curioso para ver os grande efeitos especiais desse filme. Bem, algo tem que ser feito para atrai-los, nada melhor que sangue ! Alguém tem que doar, e ninguém melhor que o condenado, vejam como:


Aqui também tem GOOOOOOORE !!!!

Após o Professor Nolan confessar que essa expedição foi um fracasso, todo mundo retorna a Terra (a original, por sinal), sendo que um ovo de dino acaba chocando, gerando um filhote assassino que vai zoar todo mundo ! É quando ''Jurassic Park'' encontra ''Alien'' !!!

O condenado fazendo o Professor Nolan e seu assistente de reféns.

Nesse lixo, nem a presença de Jean Rollin salva. Para quem não conhece, Rollin é aqueles caras versáteis, é diretor, ator, editor e tudo mais, tipo um Mount da vida com um pouco mais qualidade. Ele dirigiu diversos filmes, de eróticos a comerciais e ainda pornos ! Foi Rollin que descobriu a membro do hall da fama XRCO Brigitte Lahaie, que não tinha talento em apenas transar e também em atuar em filmes comerciais e eróticos ! Costumava usar pseudônimos como Michel Gentil ou Robert Xavier. Rollin faleceu em 2010.

Se o filme como um todo é ruim, pelo menos o final até que é divertido pois é algo inesperado.
Eu estou devendo os dinossauros do filme, então para finalizar, confira os belos efeitos especiais !





Agradecimentos ao DougTrash por ter me enviado esse lixo que me deixou com ânsia de vomito por uma semana !!!

Trailer



Dinosaur From the Deep
França
1993 - 73 minutos

Direção:
N. G. Mount

Elenco:
Jean Rollin (Professor Nolan)
Sylvaine Charlet (Mme Nolan)
Guy Godefroy (Condenado)
N.G. Mount (Kruger)
Quelou Parente (Tania, a mulher da caverna)
Tina Aumont (Nora)
Christophe Bier (Advogado)
Christian Letargat (Fotográfo)

Download (versão legendada)