Google+

23 de dez de 2018

Território Inimigo (Enemy Territory)

Tensão dos anos 80 !!!


Quem é mais velho (sem ofensa), deve sentir muita falta dos anos 80 e 90, não tinha esse mimimi todo, essa merda de politicamente correto, hoje não se pode fazer uma piada que pode ofender meia dúzia barulhenta hipócrita e nojenta. Na época, tinha propagandas das mais variadas, divertidas e de duplo sentido; todo mundo cresceu e ninguém morreu assistindo alguma propaganda do Neston com o aluno e a professora ou alguma do chocolate Garoto.


Mas se tratando de filmes, as décadas passadas tinham diversas pérolas que passavam na TV e divertia demais a galera, eu não sei explicar mas a ''aura'' que tinha nesses filmes é diferente do que tem hoje. Em sua maioria são enredos simples, com baixo orçamento mas que tem o retorno que importa que é divertir que está assistindo.

TERRITÓRIO INIMIGO segue as pérolas da época com o roteiro bem fraquinho, aqui nos coloca a par de Barry (Gary Franck), um corretor de seguros que está falido e precisa muito de dinheiro, já que deve pensão a sua ex mulher (ex ''alguma coisa'' é para sempre, amiguinhos). Seu chefe (Charles Randall em seu ultimo trabalho) para lhe ajudar, dá uma apólice de seguro de uma aposentada onde sua única tarefa é buscar sua assinatura. Barry queria deixar para a próxima segunda, mas precisa ser pego no dia se não, o outro corretor iria ficar com a mesma. Barry então é ''forçado'' a buscar essa assinatura. Parece até o Charlinho do Hermes & Renato, o coitado é muito azarado. Ele é tão azarado que nem na capa brasileiro teve destaque, sendo que é o protagonista do filme. Mas calma, o dia dele vai piorar ainda mais.


O filme segue o estilo de ''The Warriors - Os Selvagens da Noite'', ou ''Fuga de Nova Iorque, onde um grupo precisa fugir de algum lugar, perseguido por gangues ou prisioneiros. Aqui a fuga se dá de um prédio, eu explico. Barry vai então buscar a assinatura da aposentada Elva (Frances Foster), o grande problema é que ela mora em um dos mais barra pesada bairros da cidade, lugar tomado por gangues, mas especificamente, o prédio onde mora, ''Os Vampiros''. É tão complicado que nem a policia se mete por lá a noite. E sim, está quase anoitecendo.


Chegando lá, Barry já é cercado por adolescentes mal encarados pedindo dinheiro. Aquele tipo, ou dá dinheiro, ou fazem alguma coisa com o carro, mesmo assim, até o rádio levam dele (kkkkk Eu sei que não é legal rir da desgraça alheia, mas é que na cena fica muito engraçado). Azarado é pouco para o falido corretor. Dentro do prédio, Barry pede informação para um pirralho e acaba encostando nele, isso basta para virar inimigo mortal dos ''Vampiros''. Sim, eu avisei que o enredo é bem fraquinho... O corretor começa a ser chamado de ''fantasma''.


Barry é ajudado pelo segurança Barton (Tiger Hayes), talvez a única pessoa que é respeitada por lá. O segurança o acompanha até o apartamento de Elva. Após pegar sua assinatura, basta ir embora que vai ficar tudo certo. ERRADO !!! Barry e Barton são surpreendidos no elevador pelos ''Vampiros'' e aqui conhecemos seu líder (o multitarefa Tony Todd). Após o confronto entre a gangue e Barton que acaba morrendo com uma facada, mas leva um ''Vampiro'' para o inferno, logo o pirralho que desencadeou tudo isso, o fantasma fica sozinho, mas logo consegue ajuda do técnico de telefone e ex militar Will (o cantor Ray Parker Jr. o que cantou a musica tema de Caça Fantasmas). Agora ambos estão unidos para escapar do prédio.

Garry Franck tem uma atuação bem digamos ''ok'', até porque não seria necessário muito mais para interpretar seu personagem. Não compromete com nada. Aqui talvez seja seu trabalho mais conhecido, apesar de já ter atuado em várias séries conhecidas como: ''Ilha da Fantasia''; ''As Panteras'' e ''Magnum'', mas tudo em apenas um episódio e em algumas outras menos conhecidas com uns dois ou três episódios.

Também é o trabalho mais conhecido do Ray Parker Jr., mas claro, atuando como ator, pois ele é muito famoso nos Estados Unidos como cantor. Participou de diversos programa de TV e documentários. Sua música mais famosa e de maior sucesso é ''Ghostbusters''. O que ? Não conhece ?


Por curiosidade, o videoclipe impulsionou a indústria dos mesmos, inclusive foi o número 1 na MTV por algum tempo. Em 1984, o cantor Huey Lewis venceu um processo contra Parker alegando que ''Ghostbusters'' plagiou a sua música chamada ''I Want New Drug''. Deixei abaixo para tirarem suas conclusões.


Sinceramente ? Na minha opinião lembra sim essa música e consultando o site ''Whosampled'', consta que realmente tem samples. https://www.whosampled.com/Ray-Parker-Jr./Ghostbusters

Mas vamos voltar, Tony Todd, o líder dos vampiros tem uma carreira como ator e dublador muito prolifera. Atuou em diversas animações como ''Scooby-Doo'' de 2017 e ''Batman Bravos e Destemidos''; e em videogames: ''Call of Duty Black Ops 2'', ''Half Life 2'' e ''DOTA 2'', por exemplo. Na temporada 7 de ''24 Horas'', foi o General Benjamin Juma. Outro destaque vai para a participação no ''A Noite dos Mortos Vivos'' de 1990 dirigido por George Romero.

Uma surpresa é Jan-Michael Vicent, interpretando o cadeirante cheio de marra e armado até os dentes Parker, que ajuda a dupla contra os Vampiros. Vicent chegou a ser o ator de TV mais bem pago dos Estados Unidos quando era a estrela da serie ''Águia de Fogo'', mas devido ao seu vicio em drogas e álcool, teve uma queda em seus convites para filmes e series, tendo que aceitar trabalhar em filmes de baixo orçamento.


O filme foi dirigido por Peter Manoogian e esse talvez seja o seu filme mais conhecido, até porque não dirigiu muitos.

TERRITÓRIO INIMIGO tem todo o clima dos anos 80, quem é dessa época e ainda não o viu (ou queira rever), é uma ótima oportunidade nostálgica para relembrarmos como foi bom essa época e como lançavam filmes divertidos, mesmo com minúsculo orçamento.

Trailer


Estados Unidos
1987 - 89 minutos

Direção
Peter Manoogian

Elenco:
Gary Franck (Barry)
Ray Parker Jr. (Will)
Tony Todd (Líder dos Vampiros)
Stacey Dash (Toni)
Frances Foster (Elva)
Jan-Michael Vicent (Parker)
Deon Richmond (Chet)
Charles Randall (Beckhorne)

Download (versão dublada)