Google+

26 de dez de 2015

En Buyuk Yumruk

A lenda está de volta, mais rápido, mais forte, mais galã e cada vez mais tosco !!!


O maior astro do cinema FILMELIXO está de volta em mais uma super mega blaster produção EN BUYUK YUMRUK é mais um daqueles filmes malucos que só malucos (ou seriam loucos) gostam ! Cuynet Arkin está cada vez mais forte, mais habilidoso e claro, mais galã.

O olhar inconfundível de Arkin...

EN BUYUK YUMRUK é a versão turca de ''007 O Espião Que Me Amava'' mas devido a apenas algumas copias, digo semelhança, aqui temos o Jaws, o vilão mais famoso da saga de James Bond. Jaws é um cara que tem gigantismo com uma força descomunal mas seu detalhe mais marcante é seus dentes de aço, capaz de matar qualquer um com apenas uma mordida até um tubarão. Tem mais algumas citadas mais adiante.

Aqui também temos Jaws, que ganhou um bigode e um cabelo mais estiloso. Veja a comparação:

Ou seria ao contrário ?????
Jaws foi interpretado por Richard Kiel, falecido em 2014.

EN BUYUK YUMRUK (tentem pronunciar isso) é mais ou menos traduzido como ''O Maior Punho'' (Arkin é chamado assim algumas vezes no filme) já começa tosco demais, um homem está sendo torturado pelo Jaws turco e sendo torturado pelo chefão líder do filme, um gordinho (talvez inspirado em Goldfinger, vai saber...) que está sempre comendo alguma coisa. Esse coitado que está apanhando é molhado por gasolina e ateado fogo. As cenas que seguem é de outro filme que não faço qual ideia seja, aquelas tipicas colagens picaretas que acompanhávamos muito nos filmes de ninja de Godfrey Ho.
Gordinho faminto...

Depois dessa bizarrice que só vendo para acreditar, a um corte acontece onde os vilões estão dentro de um carro conversando com o motorista. Pelo que dá para entender, esses três estão dentro do veiculo, mas quando o motorista vai liga-lo, o carro explode fazendo com o vilão gordinho caia na gargalhada.

Com certeza que após muitas traquinagens, ambos devem estar suando muito e nada melhor que um bom banho, mas aqui é Jaws que dá no gordinho comilão. Puxa vida, nada contra, mas porque o vilão maior do filme não ganha um banho de belas mulheres ? Será que faltou verba para contratar umas atrizes que poderiam ficar mais a vontade em cena ? Enfim...

Capangas também serve para dar banhos !

Finalmente o maior herói do mundo aparece. Ah tá, vai dizer que é o Super Homem ou Batman ? Ou o Goku ? Quem sabe o Super Herói Americano? Ou o Kick Ass ? É claro que não bobinhos é o mega star Cuynet Arkin !!! O Bad Ass Ever do cinema mundial !!!!

É obvio que nosso astro tem que começar o filme com muita ação, sem motivo algum, uma frota de vários veículos o começam a persegui-lo. Não poderia deixar de ser ''aquela'' perseguição chupada de outro filme (que também não sei qual). As cenas ''originais'' é apenas as filmadas dentro dos veículos, com as ótimas expressões faciais do nosso herói, não digo tanto dos bandidos pois eles estão mascarados. Como clichê pouco é bobagem, teremos aqui batidas, explosões (mesmo numa pequena colisão entre veículos) e muita emoção ! Ok, o emoção vou para dar ''emoção'' ao post.

Memsah e Murat, uma vez amigos, sempre amigos !
Após se livrar de todos os bandidos, Arkin e surpreendido por um homem armado como se fosse roubar o carro, mas na verdade ele quer apenas manda-lo a uma missão. Curioso que esse cara apareceu logo após a perseguição. Será que ele tem poderes de teleporte ou algo do tipo ? Ou foi apenas uma coincidência tipica dos filmes turcos (melhor, não somente turcos mas até de Hollywood) onde acaba a perseguição perto do cara ? Enfim, quem se importa, em quero ver porrada !!!!

A missão de Arkin é ''simples'', prender o maior criminoso da Turquia só que tem um detalhe, esse é seu amigo de infância e não acredita que ele está envolvido com tudo de podre, trafico de drogas, suborno, contrabando e até escravidão. Somente Arkin pode coletar as provas e colocar seu amigo na cadeia. Nesse meio tempo está sendo espiado pelo Jaws.

Na próxima cena realmente ficamos sabendo que Arkin (ou melhor, Murat, ele sempre tem esse nome nos filmes kkk) está errado, Memduh (o outro astro Husein Peyda) é realmente um mafioso. Ele ''cobra'' seus serviços numa loja de conveniencia. Quando o dono não paga o suficiente, ele manda metralhar tudo !!! Mais uma vez somos testemunha da picaretagem de Inanc, cenas coladas de outro filme aparecem aqui, sendo de um super mercado sendo alvo ! É muita cara de pau !!!!!!!!

O super mercado sendo alvejado (cena de algum outro filme) !!!

Como nosso herói apesar de ser o mais forte do universo não é de ferro, não te problema ir num restaurante beber um pouco, não é ? Por curiosidade esse lugar que está parece a maior concentração de gente feia, quem sabe foi até inspiração para o No Calor do Buraco. De repente chega do nada uns mascarados (essas máscaras devem ter sido feitas por crianças da primeira serie para baratear os custos) e mandam todos se levantarem e irem. Eles querem apenas beber com Murat, apenas isso !

Nosso herói é claro que tenta não se meter em problemas mas esses caras procuraram, então é obvio que temos aqui mais porrada !!! Mas aqui tem um plus, aparece uma jornalista metida a lutada que consegue lutar pior que a Emel Tumer em Olume Son Adim (Turkish Mad Max). É, a coisa é seria ! De qualquer maneira, o casal é tão foda que conseguem ficar conversando enquanto distribuem porrada nos inimigos ! Se não bastasse, o Jaws turco onipresente também está aqui espiando Murat.

O vilão gordinho num raro momento que não está comendo (mas provavelmente pensando em comida).

A intenção dessa jornalista é desmascarar Memsah e ganhar um premio, ela se dedica a essa missão e quer a ajuda de Murat. O nosso herói como um bom cavalheiro e protetor das mulheres não quer ajuda-la pois esse é um trabalho para homens. Ou será que ele está sendo machista ?

Enfim, no hotel, Murat está com uma mulher que conhece Memsah, ele a seduz para tentar ter alguma prova contra ele. Essa ''informante'' loira e sensual não conseguiria nem uma cena com Sady Baby, se vocês me entenderam. No meio do namoro, a jornalista invade o local, sim com uma facilidade impar, ele não se presta nem para fechar a porta. E outra, como ela conseguiu seu endereço ? Foda-se, para ter sua atenção elas começam a lutar ! Pois é, uma verdadeira coreografia que deixaria Bruce Lee com inveja ! E o pior que Murat nem dá bola e começa a ler um jornal... O mais engraçado é que é possível notar a loira rindo em alguns takes !!!!


Não se pode nem namorar sossegado...

Depois de todo o esforço da jornalista, Murat a deixa trabalhar com ele para prova-la que esse trabalho não pode ser feito com  mulheres. O casal então vai interceptar um roubo de heroína, algo facíl para a dupla e após muitas porradas, Murat que não tem trabalho fixo, é autônomo, sugere ficar com a droga, vender e viajar pelo mundo com a bela jornalista. Mas ela é muito honesta e não concorda com o (anti) herói.

Mas Murat ainda segue pistas sobre Memsah e o encontra num concurso de beleza. Ambos relembram o passado pobre que tiveram mas o vilão desconfiado manda se informarem melhor sobre seu amigo.


Momento sensual...

O filme tem leves toques de reviravolta (é nem tanto, mais para deixar vocês curiosos), e ainda muita porrada !!! Se você é novo aqui no FILMELIXO e ficou curioso em saber mais do maior astro do cinema mundial, leia a resenha de Olum Savasçisi (Death Warrior) onde lá tem um pouco mais sobre Cuneyt Arkin.


Sinceramente acredito que EN BUYUK YUMRUK é um dos mais trashs divertidos dos filmes de Arkin, não chega a ser tão tosco quanto Olum Savasçisi (Death Warrior), mas é bastante divertido, garantia de boas risadas.

A unica coisa que fico lamentando e a pouca participação de Jaws, talvez devido a sua maquiagem nos dentes ser tão cara que não foi possível aparecer em muitas cenas (o papel alumínio deve ser caro na Turquia) !!! Fora que esperava uma luta final mas o vilão é bem ''bundão'', só vendo para entenderem o que quero dizer.


Os mais atentos (mas tem que estar muito atento) podem notar algum frame muito rápido ''Operação França (The French Connection)'' onde o próprio Gene Hackman aparece !!!

Mais um agradecimento ao DougTrash por traduzir essa perola !

Trailer



En Buyuk Yumruk
Turquia
1983 - 77 minutos

Direção:
Cetin Inanc

Elenco:
Cuynet Arkin (Murat)
Husein Peyda (Memduh)
Meral Orhonsay (Jornalista)
Ahmed Merkin (Vilão gordo)
Kazim Kartal (Capanga)

Download (versão legendada)

16 de nov de 2015

Gladiador Imortal 2 - Na Arena da Morte (Gladiator Cop)

Reincarnações, espadas e um policial maluco !


Muitos astros já passaram pelo FILMELIXO, Madonna, Marc Dascascos, Gary Daniels, Kurt Russell, Alexandre Frota, João Amorim, Sady Baby e claro, o maior de todos Cuneyt Arkin. Ainda faltava um que fez muito sucesso nos anos 80 e 90, principalmente nas locadoras (já que muito de seus filmes iam direto para o VHS), estou falando de Lorenzo Lamas !

Filho dos atores, o argentino Fernando Lamas e a americana Arlene Dahl, Lorenzo começou cedo a atuar. Com apenas 11 anos fez uma pequena aparição (não creditada) em ''100 Rifles'' com a musa Raquel Welch. Anos após participar em dois episódios de uma serie chamada ''Switch'', atuou num grande sucesso com John Travolta e Olivia Newton-John, ''Grease: Nos Tempos da Brilhantina (Grease)'' de 1978, o filme musical de maior sucesso dos Estados Unidos que faturou quase 400 milhões de dólares sendo que custou apenas 6 !!! Mas Lorenzo teve um papel menor.


Após esses trabalhos, marcou presença em filmes e series menores, até que recebeu uma oportunidade em 1981 na serie de sucesso ''Falcon Crest'' que durou 9 temporadas, finalizando em 1990. Lamas era um dos personagens principais. Seu ''up'' em filmes de artes marciais foi com ''Comando Cobra (Snack Eater)'' de 1989 onde foi sua primeira experiencia com porrada e tiros. Seu sucesso culminou numa continuação no mesmo ano com "Comando Cobra 2 (Snake Eater II: The Drug Buster)''.

Com o fim de ''Falcon Crest'', Lamas atuou em diversos filmes de porrada, os mais velhos talvez se lembrem que passavam na Globo e na Band:
A Noite do Guerreiro Imortal (Night of the Warrior) de 1991
Gladiador Imortal (The Swordsman) de 1992
Agente Especial (CIA: Code Name Alexa) de 1992
Caçador de Kickboxer (Bounty Tracker) de 1993
CIA 2 - Missão Alexa (CIA II: Target Alexa) de 1993
Final Round de 1994
Viper de 1994

Lamas em ''Renegado (Renegate)'' de 1992

Em 1995, chegou o GLADIADOR IMORTAL 2 - NA ARENA DA MORTE, mas antes de falarmos no filme do tópico, vou citar mais um que talvez seja seu maior sucesso: ''Renegado (Renegate)'', serie de 1992, onde interpretava um ex-policial que ajudava os menos favorecidos em troca de dinheiro. Essa serie durou até 1997 e teve no elenco também Branscombe Richmond e a bela Kathleen Kinmont.

A partir de 2000 os filmes de porrada começaram a saírem de moda e ficarem escaços, mesmo assim Lamas nunca ficou sem trabalho, sempre atuando em algum filme ou serie, nem que seja em papeis secundários. Na moda dos realitys shows protagonizou um de sua vida, ''Leave It to Lamas'' em 2009 mas com apenas 8 episódios.

Mas vamos voltar ao filme do tópico, GLADIADOR IMORTAL 2 é bem simples (e bem trash), seu enredo é que uma espada que pertenceu ao rei Alexandre, o Grande é roubada de um museu, onde começa a ser usada em torneios ilegais de luta. Aqui Lorenzo é o policial Andrew Garrett, um maluco que tem uns sonhos doidos sobre seu passado. Sua missão é recuperar a espada. Sem contar que Garrett é tipo sensitivo igual aquela picareta da Márcia Fernandes e pode até sentir os mortos !

Um dos que ajudou a roubar a lendária espada é o professor Dr. Kilos (George Touliatos), que adora lutas ilegais e apostas. Seu braço direito é Jodar (Christopher Clements), que luta com a mesma e faz uma boa grana para o doutor. Após várias vitórias chega seu maior problema, Parmenion (James Hong), outro maluco que adora lutas ilegais e também apostas. Seu lutador é Mongol (Garry Robbins), um gigante que impunha uma cimitarra.

Dr, Kilos e uma interesseira.

Se você não matava aula de história para jogar futebol ou ir no fliperama, Parmenion era um general grego que seguia Alexandre, o Grande. Ele foi assassinado pelo rei mas seus motivos ainda são controversos, uns historiadores acreditam em motim e outros em traição. Bem, com isso acredito que entreguei um spoiler (estão acostumados mesmo), Parmenion, policial maluco que sonha com o passado, espada do rei Alexandre, tudo isso só pode levar a uma conclusão...

GLADIADOR IMORTAL 2 não tem nada de novo, apenas porradaria com armas, nada que já não vimos por aí. Só que tem um detalhe bem, sei lá, tosco. Não sei se posso chamar assim, porra, é que o Lorenzo Lamas só luta no final do filme !!! PQP !!! Aí é zoeira !!! Imagina o garoto alugando esse VHS na época para assistir o ídolo e o mesmo só mete a porrada nos vilões quase terminando o longa, é decepcionante...

Fora a capa enganosa, olhando para aquele elmo parece que iremos ver cavaleiros, gladiadores se matando em arenas, gore, muito gore, sem contar em ''Alexandre, o Grande'' !!!! Mas não, tudo aqui é de quinta categoria.

Será o fim de nosso herói ?

Enfim, o filme conta com algumas figuras conhecidas, talvez vocês podem não estar associando o nome. Christopher Clements é um ator que já apareceu em várias series, por exemplo: ''La Femme Nikita de 1998''; ''Mutant X'' de 2003 e ''Kojak de 2005''; entre outros, mas sempre em um ou dois episódios. Em filmes ele teve o desprazer de atuar em Mercenários da Morte (Expect No Mercy) de 1995 e ''Detroit a Cidade do Rock (Detroit Rock City)'' de 1999, ambos em pequenas pontas.

Parmenion ou James Hong, figura conhecida em filmes bagaceiras.

Mas o mais famoso, talvez até mais que o Lamas é o ator, produtor, diretor e dublador James Hong. Se você acompanha o FILMELIXO a algum tempo deve ter lido o post de Aventureiros do Bairro Proibido (Big Trouble in Little China) ele foi o vilão Shang Tsung, ou melhor, David Lo Pan. Hong atuou em uma cacetada de filmes (mas não mais que o mestre Arkin) citando mais alguns: ''Blade Runner''; ''Ninja III - A Dominação (Ninja III - The Domination)''; ''Braddock (Missing in Action)''; ''Tango & Cash''; ''Quanto mais Idiota Melhor 2 (Wayne's World 2)'' e muitos e muitos e muitos mais ! Em dublagem, Hong manda muito bem, tanto em videogames (Def Jam:Icon; Diablo III; Call of Duty Black Ops 2; Sleeping Dogs; entre outros), quanto em animações (Kung Fu Panda; Jackie Chan Adventures; Mulan; entre outros).

É claro que não poderia falta a cena de muito amor e romance !

O diretor é Nick Rotundo que faleceu em 2011. Dirigiu apenas dois filmes, o outro é um tal de ''Mortal Conquest'' com Daniel Bernhardt. A especialidade de Rotundo é na edição, alguns dos longas que trabalhou consta ''Jogo pela Sobrevivência (Three)";  ''O 4º Anjo (The Fourth Angel)"; ''Ameaça Terrorista - Acesso Negado (No Contest II)''; ''Tensão no Gelo (Cold Comfort)'' e mais algumas dezenas de filmes.

Infelizmente não vi o primeiro GLADIADOR IMORTAL, pelas pesquisas que fiz, vi que passava nas madrugadas da Globo. Para finalizar, quem é ligado em MMA das antigas, o filme conta com a participação de Gary Goodridge numa das lutas !

Gary Goodridge se deu mal...

Mais um exclusivo em português do FILMELIXO !!!

Trailer



Gladiador Imortal 2 - Na Arena da Morte (Gladiator Cop)
Canadá
1995 - 92 minutos

Direção:
Nick Rotundo

Elenco:
Lorenzo Lamas (Andrew Garrett)
Christopher Clements  (Jodar)
George Touliatos (Chris Kilos)
Eugene Clark (Police Captain)
James Hong (Parmenion)
Nicholas Pasco (Nick Milano)

Download (versão legendada)

12 de out de 2015

B14?

Algo que você nunca viu !!!


Diversos leitores me enviam sugestões para trazer aqui para esse lixo de blog. Infelizmente não posso atender a todos, são muitos que chegam, via email, Facebook ou nos comentários, mas sempre que posso, mesmo que demore tento atender a maioria. Um dos parceiros mais ativos que tenho é o Doug Trash, que além de me enviar filmes, traduz alguns e posto aqui. Uns exemplos:
A Certain Sacriface
Kiling vs FlyingMan
Olume Son Adim (Turkish Mad Max)

Uma de suas sugestões, foi nos comentário de um dos filmes do mito Cuneyt Arkin, Death Warrior, onde me enviou vários links do Youtube com trailers. Esses trailers foram algos diferente de tudo que já tinha visto. Esqueça o clássico Turkish Star Wars, a bizarrice Japanarama, o Rambo genérico de Korkusuz ou o robô de Robo Vampire. B14? é simplesmente diferente mesmo. Assim, tenho certeza que poucos conhece o cinema africano, raros filmes são conhecidos internacionalmente infelizmente, pois tem muitos que são ótimos, como por exemplo, ''Viva Riva!'', especie de ''Cidade de Deus'' congolês; o moçambicano ''O Grande Bazar'' sobre dois amigos com objetivos opostos; ''Em Nome de Cristo (Au Nom du Christ)'', um filme marfinense sobre um criador de porcos que começa a realizar ''milagres'' após uma visão e ''Dias de Glória (Indigenes)'' filme argelino sobre uma missão da Segunda Guerra, chegou a vencer um premio em Cannes de melhor ator, numa premiação coletiva com os cinco atores principais. Dos conhecidos, talvez o mais seja, ''Infância Roubada (Tsotsi)'' que inclusive venceu o Oscar de melhor filme estrangeiro em 2006 vindo da Africa do Sul em parceria com uma produtora inglesa.


Bem, o filme que trago aqui, é de nenhum desses países citados, acredito que você nunca viu um filme de Ghallywood ou, um filme ganês. Sim, um filme lá de Gana. Esse país não é dos mais ricos da Africa, mas também não está entre os mais pobres. Felizmente, apesar de ter muitas etnias, Gana passou por poucos conflitos. O idioma oficial é o inglês, mas a população costuma falar mais uma língua nativa. Falando no idioma, esse filme é em Akan, que também é o nome da maior etnia ganesa. Esse grupo também se encontra na Costa do Marfim, Togo, Burkina Faso, Nigéria entre outros países.

Enfim, mas porque B14? é ''diferente'' ? Além de ser um filme ganês, ele conta com um personagem muito legal, Scorpion (Ntul Andrew), uma mistura de Neo do ''Matrix'' e o próprio Scorpion de ''Mortal Kombat''. Peraí, B14? é um filme de comédia ? Na verdade não, é um sci-fi cheio de efeitos especiais !!! Sim isso mesmo, VOCÊ NUNCA VIU NADA IGUAL !!!!!

Primeiramente, devemos elogiar os amantes de cinema de Gana, num país pobre conseguir recursos para filmar não deve ser fácil, precisa ser amante da 7ª arte mesmo, enquanto aqui o governo libera através do Ministério da Cultura quase 850 mil reais para um documentário do ex-BBB Jean Willys. Esse é o Brasil !!!HueHueHueBR


Aqui não é blog de politica, mas não poderia deixar de passar essa oportunidade, voltando, B14? (que nome esquisito e ainda com um ponto de interrogação) se trata de trafico de drogas, mais especificamente cocaína mas nada comparável com os narcos colombianos ou mexicanos, aqui as quantidades são bem menos que as toneladas que Pablo Escobar enviava aos Estados Unidos, aqui cabem numa bolsa, estilo Coca: O Preço de uma Vida.

Mas antes de falarmos no filme, vamos tentar comentar sobre o diretor, ''tentar'' pois é muito difícil de ter informações sobre ele. O diretor usa o pseudônimo de Ninja e não consegui achar seu nome verdadeiro. Sua produtora se chama ''Ninja Movie Production'' e em sua grande maioria são filmes de luta sci-fi abusando de muitos efeitos do Adobe Efects. Conforme já citado, com os poucos recursos, a solução mais barata e usar muito os efeitos de computação. O resultado é muito satisfatório, não estamos falando aqui de um vencedor de Oscar e sim de um filme ganês criado por amantes de cinema com pouco dinheiro.


Outra curiosidade, na maioria de seus filmes, veremos os mesmos, ou uma boa parte do atores de outros longas. Provavelmente eles são amigos do Ninja e fazem um trabalho voluntário ou Gana está escasso de atores e atrizes. Seus filmes tem uma peculiaridade, eles se dividem em duas partes, então já sabem, B14? 2 existe ! Na verdade não sei se todos, mas os que conheço sim, que são:
C4: The Code of Money and Death Part 1 & 2 (2013)
B14? 1 & 2 (2012)
12:00 Part 1 & 2 (2011)
2016 Part 1 & 2 (2011)
Ananse: Spider Man 1 & 2 (2011)

Dando uma observado nos seus filmes, seu primeiro foi um tal de ''Ananse: Spider Man'', tipo o Homem Aranha ? Claro que não, né ? É apenas outra coisa... Tem certeza ? Dê uma olhada no video abaixo:

video

Notou a criatividade de Ninja ?! Seus filmes são todos recheados de momentos de porrada e tensão (!!!) kkkkkk

Para saber mais e ficar atualizado sobre futuros lançamentos
Facebook:
https://www.facebook.com/ninjaninjab14

Agora sim, vocês devem estar habituados a magia do cinema ganês (ou pelo menos num pedaço dele), então vamos falar de B14? !!!!


O filme trata de duas gangues rivais, que querem controlar o tráfico em Gana. Em uma dela temos Lan Di (Rose Mensah) uma mulher fria e sanguinária. Seu guarda costa é Scorpion (Ntul Andrew) que já citei anteriormente mas não custa repetir, já que o filme centraliza-se nele e é o que tornou B14? um pouco famoso na internet. Ele possui poderes de teleporte e um arpão qua sai de sua mão, adivinha de onde inspirado ? Scorpion ainda é um exímio lutador e tem uma voz de máquina ou sei lá o que, só sei que é muito legal ! Lan Di ainda tem mais três ajudantes (que só servem para serem xingados por ela) que levam a marca B14?. O que isso significa ? Não sei...


A outra gangue é comandada por Storm (Joseph Osei) e seu braço direito é Johnny (Akwasi Emmanuel) que não tem os poderes de Scorpion mas tem talento nas lutas. Outro personagem que vai aparecer muito (nem tanto) é Agya Appiah (Ebenezer Donkor), um veterano de guerra que tem em sua posse uma tal de Black Box (não sei o que é), alvo constante de Lan Di.

A guerra entre essas gangues começa depois que Storm rouba a cocaína de Lan Di (que a usaria para repassar a um grande comprador) e depois a vende pra ela (que sem vergonha). Só que Scorpion é muito esperto e descobre a farsa. Além das porradarias entre eles, B14? tem diversas cenas de pessoas usando a droga e levando sermão. Não sei como é o trafico em Gana, mas talvez Ninja queira mostra o quando a cocaína e outras drogas é uma merda e não vale a pena. De qualquer maneira, B14? passa essa mensagem, mesmo com os sermões parecendo não ter roteiro e os atores improvisando frente as câmeras !


Falando em câmeras é facilmente notável a falta de recursos, muitas cenas foram filmadas com a filmadora na mão, sem tripé, perceber a tremedeira do video não precisa estar muito ligado. Outra coisa, mas essa é devido a inexperiência, em alguns momentos o cameraman foca num ator que está quieto, deixando de lado o que está falando. Eu sei que existem cenas que essa técnica é completamente normal, mas que aqui não é o caso, é trabalho ruim mesmo !!!

Sem contar que o filme parece que está cheio de cortes, mesmo sendo dividido em duas partes com mais de uma hora, assim, tem uma cena onde Storm dá um sermão em seus capangas, onde Lan Di apareceu em sua casa contando que descobriu a farsa. Sendo que, poucas cenas antes, Storm estava com Lan Di, na casa da mulher. Minha pergunta é: por que não fizeram uma cena adicional dela falando com Storm ? Seria algo muito simples de se fazer. Tem outra coisa que poderia ser melhor explorada, onde Lan Di disfarçada, ouve a conversa de dois policias falando da recompensa de quem prender a traficante. Tipo, aquelas ''coincidências'' que só acontece em novela mexicana ! Não vou citar que ela conversa com os dois e ambos não reconhecem ela !!!! Sem contar os personagens que só aparecem uma vez e não dá mais as caras...


Enfim, mas uma das coisas mais bacanas do filme é justamente as cenas de luta e efeitos especiais, Scorpion luta muito bem, não sei dizer qual arte marcial Ntul Andrew pratica, claro que não é nenhum Tony Jaa mas é de se tirar o chapéu pela facilidade em aplicar chutes altos por exemplo. Melhor ainda é quando se utiliza os efeitos visuais, como marcas de tiros, sangue ou até bolas de fogo lançadas com a mão. Em B14? conforme já citei, todos ou quase todos efeitos especiais foram feitos no computador e para um filme de baixo orçamento, isso encaixou certinho na proposta do longa. Se posso colocar um defeito é que infelizmente são poucas cenas utilizadas, ficando aquele gostinho de, ''só isso'' ? Pois é, infelizmente B14? tem poucas cenas de ação e muita falação...


B14? mesmo com todo seu jeito trash, concorreu a duas premiações no Ghana Movie Awards 2012, uma especie de Oscar deles. Ebenezer Donkor concorreu como melhor ator em língua local e Ninja concorreu como melhor edição.

PROCESSO DE LEGENDAGEM

Após o DougTrash me apresentar o filme, fiquei feliz e ao mesmo tempo triste, pois acreditava que nunca conseguiria compreender B14? Não tenho costume de assistir um filme numa língua totalmente desconhecida por mim. Mas pesquisando no YouTube, encontramos a versão legendada em inglês, isso mesmo !!! Só com um detalhe, as legendas são hardsub ou seja, embutida no filme.

Podem imaginar o quanto foi trabalhoso legendar B14?, usei um programa chamado ''VideoSubFinder'' que faz um processo de captar a legenda do filme, mesmo estando embutida no filme. A minha intenção era captar o tempo das legendas, pois o inglês do filme é bem dificultoso de entender em algumas partes Depois dessa parte que pode durar horas, o programa que usei para colocar as legendas foi o ''Aegisub'' pois com ele é permitido colocar a legenda na posição desejada.

Com isso, traduzia e já colocava na posição para tapar a legenda em inglês, um processo que levou meses, muitos meses. Na minha primeira tentativa, em 2014 e usando o ''Movie Maker'', traduzi cerca de 20 minutos em uns três meses, mas por um problema no meu PC, o formatei e o boca aberta aqui não salvou o trabalho.

Sempre quis voltar a legendar esse filme e ainda bem que conheci o ''VideoSubFinder'' e o ''Aegisub'', onde facilitou muito o trabalho, mas ainda sim foi algo que levou meses. Para a legenda ficar adaptada ao português e ficar ainda mais divertida, usei uma pitada de humor em algumas falas, sem prejudicar o andamento do filme, como por exemplo:


Em outros casos, para tentar mais ''perfeito'' possível em não aparecer as legendas em inglês, usei espaços demais propositalmente para sumi-las de vez:


No fim, uma ou outra legenda ficou aparecendo na conversão final, mas nada que atrapalhe. Espero que tenham gostado ! Vou ficando por aqui.

Continua em B14? PARTE 2 (ALGUM DIA AQUI NO FILMELIXO)

Trailer (parte 1 e 2)



B14?
Gana
2012 - 76 minutos

Direção:
Ninja

Elenco:
Rose Mensah (Lan Di)
Ntul Andrew (Scorpion)
Ebenezer Donkor (Agya Appiah)
Joseph Osei (Storm)
Akwasi Emmanuel (Jhonny)
King Brenya (Mr. Addo)
Emmanuel Afriyie (Daniel)
Isaac Fosu (Papa Yaw)
Collins Otteng (Sammy)
Priscilla Anabel (Abena)

Download (versão legendada)

14 de set de 2015

Ultimate Force - Máquina Mortal (Ultimate Force)

O filme (lixo) do lutador Mirko Crocop !


Quem me conhece sabe que sou viciado em MMA (Mix Martial Arts), acompanho desde sua fase profissional em 1993 com a criação do UFC, mas o apice mesmo, foi no evento japonês Pride Fighting Championship (RIP 1997-2007), para muitos o melhor evento já criado. Por lá passaram os melhores lutadores da época em suas melhores fases, os brasileiros Minoutaro, Mauricio Shogun, Wanderlei Silva; os japoneses Takanori Gomi e a lenda Kazushi Sakuraba, os americanos Dan Henderson, Josh Barnett e o maior da história, o russo Emilianenko Fedor. Sim, não caiam na conversa da Globo com Anderson Silva. Na verdade, na minha humilde opinião, o Jon Jones já passou o russo sendo o maior da história (o que ele faz da sua vida particular é outra história)

Citei apenas alguns, obviamente tem muitos outros grande lutadores e quero comentar agora do croata, Mirko Crocop Filipovic, o marrento policial (por isso o apelido CROatian COP), politico e lutador, um dos atletas mais carismáticos que passaram pelo evento japa e meu lutador preferido. Então, não poderia deixar de adquirir o filme, onde é a estrela principal, independente de ser bom ou ruim, mas nesse caso, ele é muito ruim !


Mas antes de falar do filme, vou colocar um pouco da história do Crocop.
Nasceu em 1974 na capital croata Zagreb, na época fazendo parte da Iugoslávia e desde criança é ligado as artes marciais, mais especificamente no Kickboxing e Boxe. Na guerra civil iugoslava, perdeu seu pai cedo, sendo criado pela mãe com muita dificuldade.

Em 1994 com 20 anos entrou para o exercito e dois anos depois na força policial. Nesse período, no boxe amador, teve um cartel de 40 vitorias e 5 derrotas usando o apelido de ''Tigar'', analogia a ''tigre'' (''tiger'' em inglês) croata. Quando já era policial, aos 22 se tornou lutador profissional e estreou no K-1 WGP 1996, na época o maior evento de trocação do mundo.

Crocop vs. Vanderlei Silva no Pride FC

Sua estreia no MMA foi em 2001 contra o japonês Kazuyuki Fujita, onde venceu com apenas 39 segundos de luta, após acertar uma joelhada no rosto do adversário abrindo um corte que não pode ser estancado. No mesmo ano estreiou no maior evento de MMA do mundo, o Pride FC, contra o também japonês Nobuhiko Takada. Até 2003, mesclava participações no Pride e K-1, até depois se dedicar apenas no MMA.

Seu melhor ano foi em 2006 quando venceu o torneio absoluto (com lutadores de varias categorias de peso) do Pride FC, enfrentando na final seu ''freguês'' Josh Barnett, o vencendo pela terceira vez. No auge e com o evento japonês sendo vendido ao UFC, começa a lutar pelo evento americano onde teve uma péssima passagem. Com 3 lutas, teve apenas uma vitoria, sendo liberado para lutar no Japão no evento Dream, um sucessor ''espiritual'' do Pride.

Retornou ao UFC em 2009 e também teve outra passagem ruim, 7 lutas com apenas 3 vitorias. Mais uma vez é liberado para lutar em outros eventos. No Japão, chegou a conquistar o cinturão do IGF Championship, vencendo o judoca medalhista de ouro na Olimpíadas de 2008 Satoshi Ishi. Voltou mais uma vez para o UFC em 2015, vencendo o brasileiro Gabriel Gonzaga, numa revanche de 2007 onde o croata foi nocauteado com um chute alto, sua especialidade. Provou do seu veneno !

Para alguns, Crocop pode ser considerado arrogante, mas uma coisa é certa, é um cara muito brincalhão com seus amigos, existem diversos videos com suas brincadeiras e pegadinhas ! Segue um exemplo:



Agora, analisando o filme, vamos começar pela capa, podemos verificar o quando os distribuidores não entendem nada de MMA (ou por malandragem mesmo) e conhecem pouco o Crocop pois ele não foi campeão no UFC, na verdade conforme já citei não teve uma boa passagem por lá. Enfim, não tira os méritos que teve lutando no Japão pelo Pride FC tendo lutas memoráveis contra os brasileiros Antonio Rodrigo Minotauro, Vanderlei Silva e a lenda russa, Emilianenko Fedor, entre outras.

Passando pela capa, esse filme é apenas para fãs, amantes de porcarias cinematográficas ou ainda para quem ainda nunca viu um longa croata. O enredo tenta ser original, Axon Rey (Crocop) faz parte de uma organização secreta de assassinos do governo anti-terrorista. Eles são tão FDP que uma falha na missão significa a morte. Num certo momento, Rey se vê envolvido numa conspiração para matar seu líder. Pois é, um filme de luta onde o enredo é o menos importante aqui tenta ser ''o tal'', mas é uma merda mesmo.

Rey sendo torturado.

A mente criativa foi um tal de Mark Burson; sim, eu também não conheço, apesar de afirmar que tem um grande currículo nos Estados Unidos, mas que ninguém sabe em quais produções participou. Quem sabe em filmes XXX ? Vai saber né ? Burson, escreve, edita e dirige ULTIMATE FORCE, alias, seus outros filmes também foram assim, ''Bullethead'' de 2002 e ''The Courier'' de 2007. Tentei pegar mais informações e não encontrei.

Seguindo, Sphinx (esse é o codinome de Rey) recebe uma missão de matar um terrorista, algo fácil para um campeão do Pride FC, como um bom assassino, não deixa pistas e se possível, nem testemunhas, nesse caso, uma mulher deveria ter sido eliminada, mas Rey hesita pois na sua cabeça o fez lembrar sua antiga namorada que acreditava estar morta.

É claro que sua especialidade não poderia faltar.

Devido a essa desobediência, a pena de Rey seria a morte, mas seu superior Janus (Igor Gallo) lhe concede uma nova chance, o manda para a prisão Gulag 7. Lá se encontra outros inimigos do governo e para sobreviver não resta nada se não somente lutar. Nesse centro de reabilitação, Rey também passa por uma lavagem cerebral.

É inegável a qualidade do lutador Mirko Crocop, mas o ''ator'' é algo completamente diferente. As lutas até que são bacanas (bacaninhas na verdade), Crocop é até o coreografo das cenas de luta, mas o divertido é nas cenas de dialogo. Sim, eu sei que ele não é ator, mas eu estou aqui para zoar, né ? Quando precisa atuar, foi nítido que deixaram o personagem com poucas falas, enquanto outras conversas são desnecessariamente longas, onde o diretor tenta aplicar uma conspiração e traição ao telespectadores. Nem vou citar em diálogos baixos sendo preciso aumentar o volume para se ouvir algo.

Tecnicamente o filme é horrível, cenas mal filmadas, iluminação porca, qualidade da imagem duvidosa, com uns efeitos digitais piores que feitos em aplicativos de um smartphone. Um desses efeitos, é tipo um golpe bem aplicado que aparece uma tela de DAMAGE.


Que coisa tosca, PQP !!!!

Por curiosidade, foi filmado com câmera digital (provavelmente uma Tek Pix), talvez por isso dando um ar de precariedade e amadorismo. Por falta de verba, a criatividade prevaleceu, então para não precisar construir um cenário, na maior parte do filme, a locação é um fabrica real abandonada.

Tem horas que o filme parece um game de luta, onde escolhemos um personagem, derrota um chefe, vai para outra fase, derrota outro chefe e assim vai. Falando nesses inimigos, um deles se chama Minitar, numa clara referencia ao brasileiro Antonio Rodrigo Nogueira, o Minotauro, o venceu Crocop em 2003 numa ótima reviravolta.

Minitar: que medo !!!!

Ainda temos alguns ''parças'' de Crocop, tem um personagem que é o interrogador, ''interpretado'' por Zvonimir Lucic que vocês não devem conhecer mas é amigo e empresário do lutador. Sua atuação é de fazer inveja ao canastrão Nicolas Cage

Crocop e Lucic após o titulo do Pride Open Weight GP.

Mesmo com toda ruindade estava previsto um continuação intitulada ''Ultimate Force II: SIN Retribution'' novamente com Crocop, mas no fim foram coerentes e viram que o melhor a se fazer era cancelar mais um provável fracasso.

Crocop, ou melhor, Rey, também é pegador !!!

Enfim, se algo pode se salvar nesse filme é a modelo croata Ruza Madarevic, aqui ela é a mulher qe deveria ser morta mas é parecida com a namorada desaparecida de Rey. Ela de vez em quando faz uns filmezinhos. Talvez o mais conhecido seja ''Segredos Mortais(Down the Shore)'' e Modigliani, mas nesse ultimo apenas num pequeno papel. Também participou de um episodio da serie ''The Blacklist''

Ruza Madarevic.

Para finalizar, o melhor de tudo está na frase na capa internacional: Mirko Crocop é o novo Charles Bronson, o autor é Jean Claude Van Damme ! Não acredita ?


Não é montagem minha, podem procurar !!! Agora vamos rir !!!

HAUAHUAHAUHAHAUHUAUAH

Ah sim, por curiosidade na versão internacional melhor que o filme consta making off e entrevista com Crocop, para variar não espere por isso na versão nacional.

Infelizmente Crocop não tem como ser um novo Steven Seagal, Don ''The Dragon'' Wilson, Dolph Lundgren ou o próprio Van Damme, quiçá, um novo Bronson ! Vamos rir de novo !

          HAUAHUAHAUHAHAUHUAUAH

Trailer

Ultimate Force
Croácia/Estados Unidos
2005 - 96 minutos

Direção:
Mark Burson

Elenco:
Mirko Crocop Filipovic (Axon Rey)
Bozidar Smiljanic (O Diretor)
Ruza Madarevic (Sari/Nina)
Igor Gallo (Janus)
Kishore Mandhyan (Vishnu Prana)
Zvonimir Lucic (Interrogador)
Matthew Earley (Guggenheim)
Christopher Forbes (Caesar)

Download (versão legendada)

22 de ago de 2015

A Certain Sacrifice

O 1º filme de Madonna e adivinhem, uma bosta !


Madonna é com certeza uma das maiores artistas do mundo, segundo o Guinness Book, como artista feminina é a mais bem sucedida de todos os tempos, com mais de 300 milhões de discos vendidos em todo planeta, se contar apenas nos Estados Unidos, perde para Barbra Streinsand. Cantora, compositora, produtora, dançarina, ela é uma artista musical completa, e ainda, escritora, atriz, diretora de cinema e até desenhista de moda.

Possui diversos sucessos, "Like a Virgin", "Papa Don't Preach", "Like a Prayer", "Vogue", "Take a Bow", "Frozen" e "4 Minutes", são apenas algumas musicas que venderam milhões. A ''Rainha do Pop'', como também é conhecida, continua sempre nas paradas de sucesso pois está sempre se reinventando, tanto musicalmente quanto sua imagem.

Madonna no inicio da carreira a mais recentes.

Mas engana-se quem acha que ela começou como cantora, na verdade, seu primeiro trabalho artístico foi A CERTAIN SACRIFICE, filmado a partir de 1979 (Madonna com 21 anos) mas só lançado em 1985. Na verdade, nem sei se dá para dizer que é artístico, o diretor Stephen Jon Lewicki deve ter selecionado seu elenco na Rede Record, tamanha ruindade dos atores. Se a Madonna hoje pode-se considerar uma atriz, sei lá, nota 5 ou 6, na época, até por ser seu primeiro trabalho e nem ter feito algum curso de atuação, podemos chegar a nota -1. Sim, é horrível !!!

Madonna tomando uma ducha.

Talvez esse filme não tivesse ficado perdido por um ''simples'' motivo: Madonna. Em 1982, a estrela pop lançou um single chamado ''Everybody'' que foi um sucesso nas pistas de dança dos Estados Unidos, no ano seguinte, seu primeiro álbum ''Madonna'', vendeu mais de 5 milhões de copias somente em seu país natal, ganhando 5 platinas. Em 1985 foi lançado na Europa sendo sucesso na Alemanha, Espanha, França e Reino Unido.

A ''imagem'' Madonna já era conhecia em boa parte do mundo, então o que os produtores que tinham os direitos do filme fizeram ? Capitalizar em cima do longa, oportunidade de mercado ! A CERTAIN SACRIFICE foi finalmente lançado, como já citei em 1985, mas não tendo o sucesso esperado, mas claro, serve de curiosidade para quem gosta de filme ruins e principalmente para os fãs. Em 1986 chegou a passar nos cinemas americanos em sessões da meia noite.

Varias capas surgiram após o sucesso de Madonna.

Madonna devido ao resultado ridículo de sua atuação, tentou comprar os direitos do filme por 5 mil dólares, não tendo sucesso. Mais tarde, tentou banir o filme de exibição. Mais uma vez, sem sucesso. Sinceramente não entendo porque dessas atitudes, se fez, assuma PORRA ! Silvester Stalone também teve piti com o ''The Party at Kitty and Stud's'' também conhecido como ''Italian Stallion'' ou em português o ''Garanhão Italiano''. Muitos acham que é um filme porno, mas é na verdade no máximo erótico. Tem também aquele outro caso famoso no Brasil de ''Amor Estranho Amor'' com a Xuxa pelada, onde até hoje ela briga sobre os direitos do filme. Como eu gostaria de posta-lo aqui mas tenho medo que de problema com o blog.

Bem, voltando ao assunto da postagem, o filme custou apenas 20 mil dólares, (apenas ? eu achei muito pelo resultado) e foi filmado em Nova Iorque em dois anos, já que todos eram amadores e não tinham tempo para filmar. Madonna por exemplo só conseguiu completar suas cenas em 1980. É um filme totalmente independente e digamos, ''excêntrico''.

O enredo dessa merda é bem simples, Madonna, ou melhor, Bruna, mora com três ''escravos do amor'', um homem, uma mulher e um transexual, ela é bem maluca das ideias. Um dia dançando numa fonte da cidade, conhece Dashiel (Jeremy Pattnosh), ele insiste em ''cantar-la''  até que a vence no cansaço. Bruna satisfeita com seu novo amor, resolve dar um pé em seus ''escravos'' até que eles a atacam sexualmente. Não, não tem nada demais nessa cena, no máximo uns peitinhos da cantora.

Bruna e seus escravos !

Certo dia, Dashiel está almoçando quando é incomodado por Raymond Hall (Charles Kurtz), ele é tipo aqueles cara xaropes que ficam puxando assunto. Essa cena dura longos 11 minutos, isso é uma das características que cansam o filme, uma longa cena que não agrega porra nenhuma, apenas para mostrar que esse tal Hall é o ''vilão'' do filme.

Dashiel e o xarope do Hall.

Num outro dia, Hall encontra e Dashiel e Bruna numa lanchonete, o vilão acaba estuprando ela no banheiro !!! Agora que poderia ser um atrativo do filme, esse ataque não dura um minuto !!!! VSF !!!
Como vingança, Dashiel, Bruna e seus escravos sequestram Hall e o usam para um sacrifício satânico ! Putz, acabei contando quase todo o filme !!!

Hall e a cena do estupro.

Eu também tenho um certo preconceito com filmes que são narrados, não sei porque, mas se o filme tem narração, a tendencia é ser ruim, pelo menos pra mim. A CERTAIN SACRIFICE é narrado por Chuck Varesko, que foi seu primeiro trabalho. Varesko participou com sua voz em alguns episódios de ''A Família Dinossauro'' nos programas que a família assistia na TV.

A bizarra cena do culto satânico.

Por curiosidade, Jeremy Pattnosh escreveu e cantou várias músicas no filme, incluindo: "Certain Sacrifice (Raymond Hall Must Die Tonight)" e "Screamin' Demon Lover"

Para finalizar, lançado no Brasil em VHS por uma tal Machine Video.
Mais um lixo enviado pelo DougTrash, obrigado por mais essa merda !!!!

Trailer (não tem)

A Certain Sacrifice
Estados Unidos
1985 - 60 minutos

Direção:
Stephen Jon Lewicki

Elenco:
Jeremy Pattnosh (Dashiel)
Madonna (Bruna)
Charles Kurtz (Raymond Hall)
Kate Magill (Susan Porter)
Timmy Leight (The Landlady)
Michael Dane (Transvestite Slave)
Russell O. Lome (Male Slave)
Angi Smit (Female Slave)
Chuck Varesko (Narrador)

Download (versão legendada)