Google+

22 de ago de 2015

A Certain Sacrifice

O 1º filme de Madonna e adivinhem, uma bosta !


Madonna é com certeza uma das maiores artistas do mundo, segundo o Guinness Book, como artista feminina é a mais bem sucedida de todos os tempos, com mais de 300 milhões de discos vendidos em todo planeta, se contar apenas nos Estados Unidos, perde para Barbra Streinsand. Cantora, compositora, produtora, dançarina, ela é uma artista musical completa, e ainda, escritora, atriz, diretora de cinema e até desenhista de moda.

Possui diversos sucessos, "Like a Virgin", "Papa Don't Preach", "Like a Prayer", "Vogue", "Take a Bow", "Frozen" e "4 Minutes", são apenas algumas musicas que venderam milhões. A ''Rainha do Pop'', como também é conhecida, continua sempre nas paradas de sucesso pois está sempre se reinventando, tanto musicalmente quanto sua imagem.

Madonna no inicio da carreira a mais recentes.

Mas engana-se quem acha que ela começou como cantora, na verdade, seu primeiro trabalho artístico foi A CERTAIN SACRIFICE, filmado a partir de 1979 (Madonna com 21 anos) mas só lançado em 1985. Na verdade, nem sei se dá para dizer que é artístico, o diretor Stephen Jon Lewicki deve ter selecionado seu elenco na Rede Record, tamanha ruindade dos atores. Se a Madonna hoje pode-se considerar uma atriz, sei lá, nota 5 ou 6, na época, até por ser seu primeiro trabalho e nem ter feito algum curso de atuação, podemos chegar a nota -1. Sim, é horrível !!!

Madonna tomando uma ducha.

Talvez esse filme não tivesse ficado perdido por um ''simples'' motivo: Madonna. Em 1982, a estrela pop lançou um single chamado ''Everybody'' que foi um sucesso nas pistas de dança dos Estados Unidos, no ano seguinte, seu primeiro álbum ''Madonna'', vendeu mais de 5 milhões de copias somente em seu país natal, ganhando 5 platinas. Em 1985 foi lançado na Europa sendo sucesso na Alemanha, Espanha, França e Reino Unido.

A ''imagem'' Madonna já era conhecia em boa parte do mundo, então o que os produtores que tinham os direitos do filme fizeram ? Capitalizar em cima do longa, oportunidade de mercado ! A CERTAIN SACRIFICE foi finalmente lançado, como já citei em 1985, mas não tendo o sucesso esperado, mas claro, serve de curiosidade para quem gosta de filme ruins e principalmente para os fãs. Em 1986 chegou a passar nos cinemas americanos em sessões da meia noite.

Varias capas surgiram após o sucesso de Madonna.

Madonna devido ao resultado ridículo de sua atuação, tentou comprar os direitos do filme por 5 mil dólares, não tendo sucesso. Mais tarde, tentou banir o filme de exibição. Mais uma vez, sem sucesso. Sinceramente não entendo porque dessas atitudes, se fez, assuma PORRA ! Silvester Stalone também teve piti com o ''The Party at Kitty and Stud's'' também conhecido como ''Italian Stallion'' ou em português o ''Garanhão Italiano''. Muitos acham que é um filme porno, mas é na verdade no máximo erótico. Tem também aquele outro caso famoso no Brasil de ''Amor Estranho Amor'' com a Xuxa pelada, onde até hoje ela briga sobre os direitos do filme. Como eu gostaria de posta-lo aqui mas tenho medo que de problema com o blog.

Bem, voltando ao assunto da postagem, o filme custou apenas 20 mil dólares, (apenas ? eu achei muito pelo resultado) e foi filmado em Nova Iorque em dois anos, já que todos eram amadores e não tinham tempo para filmar. Madonna por exemplo só conseguiu completar suas cenas em 1980. É um filme totalmente independente e digamos, ''excêntrico''.

O enredo dessa merda é bem simples, Madonna, ou melhor, Bruna, mora com três ''escravos do amor'', um homem, uma mulher e um transexual, ela é bem maluca das ideias. Um dia dançando numa fonte da cidade, conhece Dashiel (Jeremy Pattnosh), ele insiste em ''cantar-la''  até que a vence no cansaço. Bruna satisfeita com seu novo amor, resolve dar um pé em seus ''escravos'' até que eles a atacam sexualmente. Não, não tem nada demais nessa cena, no máximo uns peitinhos da cantora.

Bruna e seus escravos !

Certo dia, Dashiel está almoçando quando é incomodado por Raymond Hall (Charles Kurtz), ele é tipo aqueles cara xaropes que ficam puxando assunto. Essa cena dura longos 11 minutos, isso é uma das características que cansam o filme, uma longa cena que não agrega porra nenhuma, apenas para mostrar que esse tal Hall é o ''vilão'' do filme.

Dashiel e o xarope do Hall.

Num outro dia, Hall encontra e Dashiel e Bruna numa lanchonete, o vilão acaba estuprando ela no banheiro !!! Agora que poderia ser um atrativo do filme, esse ataque não dura um minuto !!!! VSF !!!
Como vingança, Dashiel, Bruna e seus escravos sequestram Hall e o usam para um sacrifício satânico ! Putz, acabei contando quase todo o filme !!!

Hall e a cena do estupro.

Eu também tenho um certo preconceito com filmes que são narrados, não sei porque, mas se o filme tem narração, a tendencia é ser ruim, pelo menos pra mim. A CERTAIN SACRIFICE é narrado por Chuck Varesko, que foi seu primeiro trabalho. Varesko participou com sua voz em alguns episódios de ''A Família Dinossauro'' nos programas que a família assistia na TV.

A bizarra cena do culto satânico.

Por curiosidade, Jeremy Pattnosh escreveu e cantou várias músicas no filme, incluindo: "Certain Sacrifice (Raymond Hall Must Die Tonight)" e "Screamin' Demon Lover"

Para finalizar, lançado no Brasil em VHS por uma tal Machine Video.
Mais um lixo enviado pelo DougTrash, obrigado por mais essa merda !!!!

Trailer (não tem)

A Certain Sacrifice
Estados Unidos
1985 - 60 minutos

Direção:
Stephen Jon Lewicki

Elenco:
Jeremy Pattnosh (Dashiel)
Madonna (Bruna)
Charles Kurtz (Raymond Hall)
Kate Magill (Susan Porter)
Timmy Leight (The Landlady)
Michael Dane (Transvestite Slave)
Russell O. Lome (Male Slave)
Angi Smit (Female Slave)
Chuck Varesko (Narrador)

Download (versão legendada)
Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. "o ''Garanhão Italiano''. Muitos acham que é um filme porno, mas é na verdade no máximo erótico."

    Na verdade, posteriormente enxertaram umas closes de penetração feitos com outros atores para transformá-lo em pornô.

    Tentaram vender para o próprio Stallone ameaçando lançar se ele recusasse e ele disse que o filme não valia um centavo e deixou pra lá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, existe essa versão, se não me engano é uma alemã.

      Mudando de assunto, no fim me esqueci de postar que o Jackie Chan revelou a uns anos que fez porno; porno mesmo, não essas esfregações. Enquanto tem uns que escondem o passado, ele não viu problema nenhum em revelar isso.

      Excluir
  2. É engraçado quando a palavra (merda) aqui mencionado vira um baita agradecimento. hahaha.
    carai esse filme da xuxa quase comprei o VHS!
    Achei una copia via torresmo, mas não era dublado.
    Esse filme da xuxu é foda! queima ela totalmente! haha
    E realmente postar essa película só depois que ela bater as botas.
    Mas uparia se tivesse una copia dubrada.
    Não tenho certeça, mas parece que ja teve blogs que caiu por culpa dessa coisa!
    elcio

    ResponderExcluir
  3. Grande FL faz tempo que não comento aqui, sinto mas este eu não vou baixar. É só um filme bem ruim não é um autentico TRASHSOZO e tem outra abomino música pop pra mim a música dela é uma grande merda também...fui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem a Madonna vale um download...? =(
      kkkkkk

      Excluir
  4. Nos anos oitenta quando o VHS explodiu por aqui, este filme da Madonna foi uma das muitas bombas lançadas como se fossem cults.

    Não cheguei a assistir esta tranqueira.

    Abraço

    ResponderExcluir