Google+

24 de abr de 2016

Full Metal Yakuza

Bizarrice de Takashi Miike


Taí um diretor que não tinha aparecido aqui no FILMELIXO, Takashi Miike um japonês nascido em 1960 que tinha como sonho de garoto se tornar piloto de corrida mas quis o destino que o transformasse num dos diretores mais prolíferos da Asia. O que o motivou Miike a se transformar em diretor parece algo tão... como posso dizer simples:

''Não gosto de fazer esforços. Então dirigir filmes é um trabalho adequado para mim, porque não preciso fazer esforços. São os atores e a equipe que fazem todo o trabalho, o diretor apenas senta lá e diz ‘tente outra vez’. Entrei para a escola de cinema sem nenhum propósito, mas depois que entrei para a indústria do cinema não encontrei nenhuma razão para sair dela, então continuei trabalhando com filmes'', disse ele ao jornalista Tom Mes, no livro ''Agitador: O Cinema de
Takashi Miike''.

Miike

Até então eu achava que ele só fazia filmes bizarros e extremamente violentos, mas conhecendo um pouco de sua biografia, Miike dirigiu até comedias para família como ''The Hapiness of the Katakuris'' de 2001. Realmente a minha falta de informação e com certeza de varias pessoas o passaram a rotula-lo de diretor apenas para filmes ''gore'', não que isso seja ruim, mas que faz com que não se conheça mais de seu trabalho. Esse ''rotulo'', faz com que o publico em geral não conheça suas obras, tendo mais um seleto grupo de fãs que o transformam em um diretor cult.

Aqui no Brasil seus filmes não são tão conhecidos, até porque são lançados diretos em DVD (quando são), alias, uma boa parte de sua filmografia mesmo no Japão é lançada direto em video ou para TV.

Alguns de seus filmes mais conhecidos por aqui:
Audition - Um executivo viúvo cria uma audição para selecionar uma atriz para o papel principal de um filme, mas na realidade ele quer selecionar uma nova esposa. Pode parecer um filme romântico mas na verdade é... assistam. Filme para assistir e assistir novamente, a interpretação pode mudar !

Ichi O Assassino (Ichi the Killer) - Baseado num mangá de mesmo nome; um lider da Yakuza é assassinado e lhe roubam milhões de ienes. O sádico Kakihara contrata o assassino Ichi para ajudar a buscar seu chefe, pois acredita que ele pode estar vivo. Violência extrema !!!

Izo - Baseado no samurai Izo Okada, conta com a participação do ex-lutador Bob Sapp.

Visitor Q - Definitivamente um filme para poucos ! Yamazaki é um jornalista que deseja fazer uma reportagem sobre sexo e violência. Ele faz sexo com a própria filha que é prostituta e filma seu filho ser agredido na escola. Em casa, seu filho agride a mãe, que é viciada em heroina e também se prostitui. A família começa a mudar com a chegado do estranho Visitando Q.

Esse foi uma pequena pincelada sobre Takashi Miike, caso gostem de trash, gore, violência extrema (e também gratuita), uma pitada de comedia e romantismo, esse é seu diretor ! Mas agora vamos falar de FULL METAL YAKUZA, mais um filme onde um cara que era humilhado e passa a ser o fodão, algo que já vimos por exemplo em Vingador Toxico.


Vai ter muito gore !!!

Hagane (Tsuyoshi Ujiki) é um membro da Yakuza mas tipo assim, deve ter tido uma indicação muito forte para entrar na mafia, pois o coitado é um idiota de marca maior, não consegue nem cobrar uma divida com uma idosa. Ele consegue ser humilhado pela própria esposa por ter um peru pequeno ! O que faz de melhor é ser puxa saco do chefão Tosa (Takeshi Caesar). Mesmo assim, Hagane é escalado para buscar Tosa que está saindo da prisão. No fim ambos são mortos após uma emboscada por membros de outra gangue.

Mesmo ciborgue, um membro da Yakuza precisa de tatuagens !

O cara que nunca vai ser o funcionário do mês acorda num bizarro laboratório que parece qualquer coisa, menos laboratório. Hagane foi transformado num ciborgue, numa verdadeira maquina de matar por um cientista (Tomorowo Taguchi) mais maluco que o Franjinha da ''Turma da Monica''! Curioso que agora Hagane sente que tem um peru grandão !!!! Sim, o filme começa a contar com diversas piadas em relação a tamanho de pênis !!! Continuando, obviamente vai atrás dos mafiosos (mesmo com a intenção do cientista em criar um ciborgue em nome da justiça) e arrebenta eles no cacete. Hagane agora se achando o maior dos vilões é surpreendido pela esposa, ou ex, sei lá, já que tinha morrido. Ela agarrada com seu amigo ! Para piorar as coisas, começa a chover e ele começa a levar choques e se desliga. Precisa de reparos urgentes !

Hagane e o cientista.

No laboratório lhe é explicado que o cérebro é do Hagane e o coração é de Tosa. Hagane deve ter ficado emocionado tendo o coração de seu amado chefe. Para aperfeiçoar a criação, o cientista treina o Yakuza de metal em como se defender, cantar para se acalmar e até comer ! Sim, ele precisa se alimentar com metal para ter energia e nada melhor que parafusos com leite, lembrando Sucrilhos !

O treinamento, ui !

A partir daqui é só vingança, matança para todos os lados, membros voando, sangue jorrando e por aí vai. Mas ainda dá tempo da esposa de Tosa louca para esquece-lo e se oferecer a Hagane, que recusa (ou não) pois agora é de metal... O que não citei antes, é que o corpo de Hagane parece que saiu de alguma sobra de figurino de algum tokusatsu de baixo orçamente de tão ridícula que ficou. Os efeitos especiais são toscos, de baixíssimo orçamento e isso que torna o filme ainda mais legal.

A nova pele de Hagane !

A pitada de humor pode não agradar a todos, realmente tem cenas totalmente sem graça, pelo menos pra mim. A tatuagem de Hagane é feita por exemplo com uma furadeira, sei lá, é legalzinha. Mas a quantidade de piadas em relação ao órgão genital pode incomodar, ainda mais quando Hagane fica sabendo que é implantado de Tosa ! Mas tirando todos os defeitos, é um filme divertido assistido com os amigos num final de semana chuvoso, com certeza irá trazer boas risadas

Ali foi a cena de estupro.

FULL METAL YAKUZA tem todos os ingredientes de um tipico filme de Takashi Miike, comedia (nem tão engraçada), gore, violência, romance... Aqui conta até com uma cena de estupro, bizarro total ! Assistam e ainda terão muito mais surpresas, eu ''agarantcho'' !

Trailer


Full Metal Yakuza
Japão
1997 - 104 minutos

Direção:
Takashi Miike

Elenco:
Tsuyoshi Ujiki (Kensuke Hagane)
Tomorowo Taguchi (Genpaku Hiraga)
Takeshi Caesar (Tosa)
Kazuki Kitamura (Matsuba)
Ren Osugi (Nakame)

Download (versão legendada)
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. De Miiki eu assisti e gostei do policial "Escudo de Palha" (Wara no Tate) e estou curioso para conferir outros filmes.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Hugo! Futuramente vou trazer mais desse diretor. Abs!

      Excluir