Google+

20 de ago de 2014

Cannibal Ferox

O maior ''concorrente'' de Cannibal Holocaust !


CANNIBAL FEROX é daquela fase italiana de filmes com canibais, onde era barato de se fazer e tinha um bom retorno. Geralmente (ou 99,9% violentos), esses filmes tem o marketing negativo (intencional) feito justamente devido a violência gráfica e infelizmente alguns com mortes reais de animais.
Dirigido por Umberto Lenzi, esse longa foi tão longe, que foi o responsável por ajudar a terminar o ciclo italiano de canibalismo que por sinal, ele que inventou com ''The Man from the Deep River''. É com orgulho que tem na capa de algumas versões em DVD onde diz que é banido em 31 países. Dizem que já esteve no Guiness Book sendo o filme mais banido do mundo, mas não deve ser mais já que o bisonho ''Faces da Morte'' foi proibido em 46 países (também não sei se é verdade, pelo menos vendem assim...).
Mas resumindo, o filme é VIOLENTO, MUITO VIOLENTO !!! Para se ter uma ideia, a versão inglesa foi tão editada que ficou com menos de 60 minutos. Em outra versão, vinha de brinde um saco de vomito. Alguns distribuidores na Europa foram processados por obscenidade. Deu para ver o que está por vir, né ?

Após ''The Man from the Deep River'', o ''quase'' novato diretor Ruggero Deodato resolveu fazer sua versão de canibais com ''Last Cannibal World/Jungle Holocaust'', no Brasil o ''O Ultimo Mundo dos Canibais'' com Ivan Rassimov, que participou já tinha atuado em alguns filmes de canibais. Esse filme usou morte reais de animais.
O diretor-picareta Joe D'amato resolveu ''inovar'' e misturou ''pornozinho'' estilo Cine Privé com violência e filmou a bomba ''Emanuelle and the Last Cannibals''. Pelo menos tinha a Laura Gemser =)
Surgiu então um dos melhores filmes do gênero, ''Montain of the Cannibal God'' de Sergio Martino que também tem um pouco de violência e perversão, mas que segundo o diretor, obrigado pelos produtores. Lançado no Brasil como ''A Montanha dos Canibais'' e tem como protagonista a bela Ursula Andress.
Eis que surge o mais famoso filme dos índios famintos, para muitos o melhor também, estou falando de Cannibal Holocaust de Deodato. Será que Lenzi ficou enciumado com o sucesso ? A questão é que resolveu tentar fazer filmes cada vez mais violentos para ficar com a ''fama'' de melhor diretor desse gênero.


''Eaten Alive !'', no Brasil ''Os Vivos Serão Devorados'' foi e primeira cartada de Lenzi e fez um relativo sucesso, apesar de ter cenas surrupiadas de ''Montain of the Cannibal God'' e ''Last Cannibal World'', sim isso mesmo, cenas roubadas na cara dura ! Teve no elenco Rassimov; o astro de Cannibal Holocaust Richard Kerman e a gatissíma Me Me Lai.
Empolgado, Lenzi resolveu apelar ainda mais, assim surge CANNIBAL FEROX. Após essa ''apelação'', o interesse do publico foi diminuindo cada vez mais, surgiu mais alguns filmes até morrer de vez.

Mesmo com isso, segundo Lenzi, foi seu melhor filme, inclusive o enaltece nos comentários em áudio na versão especial em DVD (obviamente, não lançado aqui) enquanto Giovanni Lombardo (creditado como John Morghen), um dos principais atores, diz que odeia esse filme, que foi o seu pior, nos mesmos extras !
Falando em Lombarto, existe uma polemica de bastidores muito comentada onde numa cena polemica, ele se recusou a matar um porco deixando Lenzi furioso. "Se eu pedisse para Robert DeNiro fazer isso, ele faria", queixou-se o diretor, ao que o ator responde: "Se você pedisse para o DeNiro, ele chutaria de volta o seu traseiro até Roma!". A solução foi colocar um outro sujeito esfaqueando o animal, filmando closes da sua mão com a faca praticando a matança, e editar a carnificina com closes de Lombardo fazendo uma expressão sádica, levando o espectador a acreditar que é o próprio ator a cometer o fato.
Para da uma economizada com o longa, Lenzi reaproveitou cenas, efeitos especiais e a trilha sonora de seus outros filmes sobre canibalismo ''Man from the Deep River'' e ''Mangiati Vivi''.

A sinopse é mais ou menos assim, estudantes de Nova York, a antropóloga Gloria Davis (Lorraine De Selle), seu irmão Rudy (Danilo Mattei creditado como Bryan Redford. Será algum parente de Bruno Mattei ?) e sua amiga Pat (Zora Kerova), viajam para selva amazônica (na área da Colômbia) para provar uma teoria local de que existe canibalismos entre as tribos locais, mais se deparam com algo muito pior, um traficante de drogas, Mike Logan (Giovanni Lombardo, creditado como John Morghen, participou de ''Gangues de Nova Iorque'') e seu parceiro Joe (Walter Lucchini, creditado como Walter Lloyd que teve uma pequena aparição no clássico ''A Gaiola das Loucas''), estão se escondendo na selva para fugir das acusações de assassinatos e de tráfico nos Estados Unidos. Um ótimo lugar para se esconder por sinal !


Como foi possível notar, nesse filme os canibais são figurantes, pois é o homem civilizado que causa toda a violência inicial na selva. A história se repete: selvagens devoram brancos que os ameaçaram, simples assim. Resumindo, não tem nada de inovador (ao contrário do filme de Deodato), é como assistir um filme porno tradicional, só muda os atores/atrizes, pois o resultado vai ser o mesmo. É bem caça níquel mesmo.

Esse filme começa em Nova York,  com um jovem drogado com cara de tonto (Dominic Raacke), que caminha pelas ruas da cidade após sair do hospital. Ele chega no apartamento de seu amigo Mike Logan para comprar pó. Mal saiu do hospital e já quer mais...
Lá, ele é abordado por dois vagabundos, um deles é o Perry Pirkanen, uns dos que ''morreram de verdade'' no Canibal Holocaust e aqui faz essa pequena aparição sem créditos. O outro é John Bartha, ator húngaro que fez quase 100 filmes, muitos na década de 60 e 70 de westerns spaghetti. Seu filme mais famoso foi ''Três Homens em Conflito'' de Sergio Leone e com Clint Eastwood.

Os dois mafiosos também estão à procura de Logan, que deve dinheiro para eles. O coitado do viciado não sabe onde o amigo está, e infelizmente paga com a vida, levando uma bala no peito. A polícia logo chega no apartamento, com o tenente Rizzo (Robert Kerman) chefiando a investigação. Ele descobre que o dono do apartamento tem uma namorada, Myrna Strand (Meg Fleming), e começa a procurar por ela para saber sobre onde pode estar o traficante Logan.


Chegamos na Amazônia e agora vem uma pergunta de um milhão: Como jovens americanos, entram numa selva a dentro, sem experiencia e sem nenhum guia ? No seu ''concorrente'' Deodato se preocupou com isso deixando o filme mais coerente. Tudo bem, não vou me apegar a detalhes, Gloria pretende provar que o canibalismo não passa de preconceito da civilização contra as tribos primitivas. Um revista retratou uma tribo chamada Manyoka como canibais e ela pretende mostrar que não existem mais comedores de carne humana no mundo atual.

Enquanto Davis providencia uma balsa para levarem seu jipe, Pat dá uma ''bimbada'' com um policial apenas para conseguir tomar um banho. Pois é, me esqueci que ela é bem safada, mas pelo menos é limpinha. Na balsa, Gloria ganha um furão de um nativo, apenar para dar sorte. Sim, eles vão precisar, e muito, mas o ''amuleto'' na verdade não dá sorte, se bobear deu até azar !

Atravessando o rio o jipe deles atola num lamaçal. Como já estão lá, fudidos até a testa, o melhor seria voltar, certo ? Mas não, Gloria quer provar sua tese, então continuam a pé.
Após acamparem, temos a primeira cena de violência animal, o pequeno furão que era para dar sorte, é devorado por uma jiboia, não dando nenhuma chance para o coitado do animal sob os olhares chocados do trio. Se não bastasse, aparece um índio comendo umas repugnantes larvas como se fosse um delicioso pedaço de chocolate !!! Depois disso, o trio encontra dois nativos mortos, um até preso numa armadilha, causando um desespero de Pat que acaba ganhando uns tapas na cara de Rudy para se acalmar. Isso que é amigo !


O filme está no inicio, dá tempo de parar por aqui ! Vai vir muita coisa bizarra pela frente, o aviso está dado !!!

Entrando cada vez mais na selva, o trio encontra dois americanos, uma ótima coincidência, né ? Encontrar conterrâneos no meio da Amazônia num ponto onde não chegam turista e algo mais difícil que ganhar na loteria !  Essa dupla é Logan e seu amigo Joe que está ferido e anda com dificuldade. O traficante conta aos três compatriotas uma história para levantar pentelho de defunto, a dupla e mais um parceiro português (é serio, não é piada) traficante de esmeralda, foram aprisionados e torturados por uma tribo de canibais, obviamente a mesma que Gloria procura ! Os heróis ajudam a dupla (que até então não sabem que eles são traficante procurados). Outra coisa, os caras que estão fugindo nem se preocuparam de mentir os nomes, mas ninguém ia procura-los na selva mesmo...


Gloria no meio da noite fica pensando na história de Logan e acaba sumindo. Formam-se duas duplas para procura-la, Logan e Pat; Rudy e Joe. Enquanto procuram, a matança entre (e contra animais) continua, com a primeira dupla flagrando um tigre devorando uma macaco. A outra dupla chega a vila e lá, encontram somente os índios mais velhos. Os guerreiros provavelmente foram caçar animais ou quem sabe, humanos...
Rudy flagra um corpo mutilado, em decomposição e amarrado a uma estaca, assim percebe que Logan falava a verdade. O tal corpo era do portuga.
O casal finamente encontra Gloria, que está presa numa armadilha e sendo atacado por um porco, ela é ajudada por Logan naquela cena que citei lá em cima com outra matança animal...
Gloria pergunta por Rudy e todo mundo acaba na aldeia.

Lá Rudy questiona o porque dos nativos se sentirem ameaçados na presença deles e Logan responde que estão assim devido a como eles foram atacados, o ''homem branco'' poderia revidar. Pat diz que Gloria já tem suas respostas e decidem ir embora, mas como o ''amuleto'' da sorte morreu e eles só tem azar no momento, Joe passa mal e eles resolvem ficar ali até ele se recuperar.
Falei que não vou me apegar a detalhes, mas PORRA, mesmo vendo um corpo mutilado de um cara, eles tem a ''ousadia'' que ficar num lugar desse, sendo que os índios guerreiros podem chegar a qualquer momento então que ideia foi essa ?
Enfim, ideia da Gloria, já que o ''muy amigo'' Logan queria deixar Joe para trás.


Vamos continuar, a biscate Pat e o pilantra Logan estão na cama após uma transa (rola peitinho aqui) e ele tem uma ideia de um ménage a trois com uma índia. Eles encontram uma, mas parece que ele na verdade quer tortura-la. A coitada foge mas é baleada, causando estranheza de Rudy e assim acabam trocando socos, muito mal ensaiada por sinal. A briga termina com Gloria chamando Rudy, pois Joe está cada vez pior. Logan resolve ajudar e vai atrás de uma planta que segundo ele é capaz de baixar a febre.


Somos então brindado com uma cena onde os nativos desmantelam uma tartaruga viva e a colocam no fogo. Obviamente sem censura. Muitos aqui irão virar o rosto ou fechar os olhos, a cena é bem pesada.

Como um clichê que existe em vários filmes, Joe que está quase morrendo, resolve contar toda a verdade ao trio. Logan e ele vieram para a Amazônia para fugir da máfia, e de ''bônus'', ir atrás de esmeraldas que valeriam uma fortuna para eles. Contratam então um guia da tribo Manyoka para descobrir aonde fica a jazida. O torturam em sua própria aldeia ! Sabem que é agora o cara amarrado ? Isso mesmo, não existe português (esse era seu apelido, dado por Logan), e sim um nativo que foi torturado bizarramente, tendo até seu olho arrancado com uma faca ! Toda essa história é mostrada em flashback. É por isso que os índios guerreiros não estavam na aldeia, pois estavam caçando a dupla, e a perna podre de Joe é fruto de uma lança envenenada.


Finalmente a turma ''barra pesada'' dos índios, voltam a aldeia e provavelmente voces devem imaginar o que acontece, certo ? ''Sorte'' tem o Joe, já que morreu mas mesmo assim é devorado pelos nativos numa ridícula cena deles abrindo seu peito e comendo seus órgãos, tudo flagrado escondido por Rudy e a coitada da Gloria que teve sua tese por água baixo...
Os irmãos tentam fugir, mas são facilmente capturados e feitos de prisioneiros. Já o casal Logan e Pat também é encontrado e levados para a aldeia. O traficante é amarrado no mesmo poste que o tal ''português'' foi feito de refém enquanto os outros foram para uma gaiola. Os índios tem tipo uma lei olho por olho, dente por dente, e um deles cortam o pênis de Logan e ainda come (em outra cena para lá de ridícula) !!! Pat coitada fica desesperada, talvez ainda mais pois não vai mais poder usar o instrumente dele. Os índios ainda trata o ferimento para não deixa-lo morrer e praticar mais um ato de tortura.

Os três coitados que sobraram, e que não tem nada a ver com ma história, não são mortos no momento e sim planejados para serem torturados, assim como Logan fez com o nativo. Rudy avisa a sua irmã e a amiga que ele irá distrair os nativos para ela fugirem. O plano até dá certo no inicio, mas elas são capturadas. Ele por azar, tentou se esconder num rio, mas o mesmo estava cheio de piranhas, e então tem sua perna devorada. Mas os índios também tem ''coração'' e para acabar com seu sofrimento, lhe enfiam uma seta envenenada o matando instantaneamente.


Pat não tem tanta ''sorte'' e é pendurada pelos seios, numa cena bem explicita e pesada. Durante o filme, o mesmo mescla entra cenas na selva e na cidade, com a policia e a máfia atrás da esposa de Logan para tentar localiza-lo. Isso as vezes tira o ''clima'' do longa, já que na selva as vezes estamos numa cena bem grotesca mas é totalmente perdido por cortar para a civilização.

Então, eu particularmente gosto de CANNIBAL FEROX, assim como quem gosta de filmes de canibais, deva gostar; realmente Lenzi pegou pesado, mas na época isso era até normal. Mas uma coisa é certa, como é um filme, uns querem entreter, outros querem chocar, e este ficou com a segunda opção.

Assistir ou não ? Não vai mudar sua vida se assisti-lo, caso nunca tenha visto algum filme de canibais e tenha curiosidade em ver algum, recomendo o clássico de Deodato. Esse aqui é famoso devido sua violência e exageros causados com animais e personagens. Caso seja um viciado em filmes bizarros (como eu) é altamente recomendado, mas tenha em mente que o que verá aqui é diferente de tudo que já tenha visto... ou não...
Lenzi não tem pudores. Ele segue o roteiro literalmente o que está escrito. Se alguém tem que perder uma perna, ele tenta mostrar da forma mais violenta possível, ou seja, você vai ver tudo isso explicitamente e com muito sangue, nada de câmera desviando o foco. Nem o pênis de Logan escapou da censura (o do nativo sim, mas talvez por falta de verba, ou sei lá) !!!

E para finalizar, foi lançado aqui, em VHS e relançado em DVD pela Platina Filmes, infelizmente sem extras, mas mesmo assim temos que prestigiar pois não é qualquer distribuidora que trás um filme desses para nós, então tenho que dar os parabéns !

Trailer

Cannibal Ferox
Itália
1981 - 93 minutos

Direção:
Umberto Lenzi

Elenco:
Giovanni Lombardo (Mike Logan)
Lorraine de Salle (Gloria Davis)
Danilo Mattei (Rudy Davis)
Zora Kerowa (Pat Johnson)
Walter Lucchini (Joe Costolani)
Robert Kerman (Lt. Rizzo)
Dominic Raacke (Viciado)
John Bartha (Mafioso)

Download (versão legendada)
Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. adorava ver filmes desse gênero, mas hoje nem me faz a cabeça!
    no texto você menciona que teve um ator morreu de verdade no filme.
    foi durante as filmagens? e de que maneira?
    elcio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade não morreu de verdade (por isso coloquei entre aspas). O maketing feito em cima de Cannibal Holocaust, criou uma ''lenda'' que os atores tinham morrido nas filmagens, ou melhor, que as filmagens utilizadas no filme eram reais. Deodato foi processado por isso, obviamente provou que os atores estavam vivos (tinham uma clausula no contrato onde eles não poderiam aparecer na mídia por um ano, mas tiveram que cancelar para não piorar a situação). No post de Cannibal Holocaust tem mais detalhes.

      Excluir
  2. opa! lembro de ter lido essa historia! acho que foi aqui que vi!
    bem, poderia alguém ter sofrido um acidente como ser atacado por algum animal pestilento.
    e outra coisa que iria mencionar é...
    mas que ideia besta da garota sair de casa pra ir para no meio da mata bem longe de casa só pra provar que não existe canibal.
    que desperdício de tempo só pra defender os índios. hehe
    elcio

    ResponderExcluir