Google+

1 de fev de 2014

Super Mario Bros

O pio(r)neiro filme baseado nos games !


Super Mario, talvez o maior personagem da história dos games, o encanador italiano é uma lenda, faz sucesso no mundo todo e uma lenda só poderia ter sido criado por outra, Shigeru Miyamoto um dos chefões da Nintendo.
No inicio, Mario era chamado de Jumpman e era o herói do jogo do Donkey Kong em 1981. Em 1983 foi protagonista no ''Mario Bros'' com seu irmão Luigi e depois, em 1985 o super sucesso ''Super Mario Bros'' para o Nintendinho que durante 22 anos foi o jogo mais vendido da história !
Rende milhões e milhões para a Nintendo !

Mas vamos voltar para a década de 90 onde os produtores hollywoodianos tiveram a (in)feliz ideia de levar o bigodudo para as telonas onde o resultado foi... vocês verão abaixo:
O ano era de 1990 e o ''visionário'' Roland Joffé falou com a produtora Lightmotive para fazer um filme baseado em um videogame que seria o Super Mario Bros. Na época o Nintendinho fazia muito sucesso e vendeu mais de 60 milhões de aparelhos no mundo.

Roland então conheceu o presidente da Nintendo da América, Minoru Arakawa, e o apresentou o script do filme. Um mês depois foi a Kyoto, tentando conseguir uma reunião com o presidente da Nintendo, Hiroshi Yamauchi. Ele precisou de 10 dias para ser chamado para um encontro,  e foi sabatinado de porque a Nintendo deveria entregar os direitos do filme nas mãos de um estúdio pequeno. Sua resposta foi “Para ter maior controle sobre o filme!”. Na época vários estúdios competiam para tentar conseguir os direitos do jogo, mas o argumento de Roland convenceu Yamauchi e ele saiu do Japão com um contrato de 2 milhões de dólares que cedia os direitos de uso da franquia temporariamente. A ideia vendida é que o filme seria uma espécie de prefácio para a história do jogo original.

Foto dos bastidores.
Mesmo sendo um diretor de nome (concorreu a dois Oscars de melhor diretor com seus dois primeiros trabalhos no cinema, ''Os Gritos do Silêncio'' e ''A Missão''), Roland na verdade nunca quis dirigir essa bomba; digo, longa, queria apenas produzi-lo e fazer uma grana. Foi cotado para diretor Harold Hamis (sim, o Egon de ''Caça-Fantasmas''), que era fã do jogo mas depois desistiu. Roland teve muita dificuldade de encontrar alguém para assumir a direção mas enfim fechou acordo com o casal Rocky Morton e Annabel Jankel, criadores do sucesso bastante conhecido nos Estados Unidos, Max Headroom.

O casal dirigindo a maior merda de suas vidas...
Antes de continuar uma curiosidade sobre Max Headroom que era um personagem computadorizado que estrelou uma serie em 1987/88 onde falava de uma forma sarcástica e futurista de acontecimentos ao redor do mundo. Max estrelou comerciais da Coca Cola, ganhou uma programa de entrevistas no Reino Unido e até um jogo para ZX Sprectrum e Commodore 64.
Mas a curiosidade é a seguinte, em 22 de novembro de 1987, dois canais de Chicago foram invadidos, o primeiro na WGN-TV, durante seu jornal onde aproximadamente 30 segundos uma figura caracterizada de Max Headroom ''estrelou'' a programação. Duas horas mais tarde, no WTTW a segunda invasão, durante o seriado Doctor Who que você pode conferir abaixo:


Até hoje a autor da ''pegadinha'' não foi encontrado...

Voltando a programação normal, vamos ao elenco que teve como primeira escolha para Mario, Dustin Hoffman, ganhador do Oscar de Melhor Ator com ''Rain Man'' que se dizia fã do jogo, mas os executivos da Nintendo não gostaram da escolha ! Hoffman deve agradecer até hoje os deuses por não ter atuado ! Os chefões da Nintendo queriam Danny DeVito, mas ele teve que recusar por outros projetos. A outra opção foi Tom Hanks, que toparia por 5 milhões de dólares, assim a produtora recuou. Finalmente chegaram no famoso ator inglês Bob Hoskins de ''Uma Cilada para Roger Rabbit'',  ''Brazil: O Filme'' e ''Hook: A Volta do Capitão Gancho''
Para o papel de Koopa, Arnold Shwarzenegger e Michael Keaton foram cotados, mas acabaram ficando com Dennis Hopper. Para Luigi John Leguizamo assumiu a bronca. Samantha Mathis como a ''princesa'' Daisy.

Talvez a parte mais difícil de um filme, o roteiro, ainda mais se tratando de um filme baseado num jogo de sucesso, como fazer para agradar a maioria ? Com certeza é muito difícil, com isso foram escritos sete (isso mesmo), sete roteiros até chegar ao final. Confira um resumo de todos:

Roteiro Original de Fantasia
Escritores: Jim Jennewein and Tom S. Parker
Data de Revisão: 17 de Julho de 1991
Esse roteiro era a visão original de como se faria um filme numa adaptação mais fiel do jogo, onde Mario e Luigi tentam resgatar a princesa do Rei Koopa num mundo doido que lembra o Mágico de Oz ou Alice no País das Maravilhas. O conceito original dos personagens seria mantido no filme original, onde Mario seria um Herói Relutante, e Luigi o sonhador que ficava com a mocinha. Eles teriam que deixar suas diferenças de lado para se tornarem verdadeiros irmãos. Na falta de um diretor, o estúdio se viu obrigado a deixar de lado essa ideia para abraçar o conceito de história do casal de diretores Morton e Jankel, de um mundo mais obscuro.

Roteiro de Transação Sci/Fi – Fantasia
Escritores: Parker Bennett and Terry Runté
Revisão: 28 de Outubro de 1991
Esse começa a migração do roteiro de fantasia para o mundo mais Sci-Fi do casal de diretores. Eles achavam que a história não era atraente desde o início, então expandiram o roteiro tornando Koopa uma ameaça global e aumentando o papel da “princesa” Daisy. Esse roteiro insere o conceito de profecia em que os irmãos seriam escolhidos para salvar o planeta.

Rascunho Sci-Fi/Comédia
Escritores: Parker Bennett and Terry Runté
Revisão: 19 de Fevereiro de 1992
Esse Script foi aproveitado a sessão inicial do filme, que foi escrito e pensado já com Bob Hoskins como ator. Nesse roteiro o mundo era simplesmente surreal, uma Manhattan cheia de Dinos, sem muita explicação e cheia de referências ao game. No entanto o final não agradou por ser anti-climático. 

Rascunho Sci-Fi/Ação
Escritores: Dick Clement and Ian la Frenais
Revisão: 3 de Março de 1992
Nesse ponto o “pitaco” dos diretores já se fazia muito presente. Esses roteiristas foram chamados justamente para tentar aproximar a visão do filme com a dos diretores. Foi uma espécie de fusão do mundo sensível/comédia dos escritores anteriores com uma pegada mais adulta e madura. O script trazia mais sequências de ação,  foi removida maior parte dos momentos cômicos do roteiro anterior. Teve rabiscos e anotações do casal de diretores durante sua produção e um outro detalhe, nesse roteiro Bruce Willis caracterizado de John McCLane (Duro de Matar) faria uma pequena aparição numa torre do Rei Koopa !!!!

Rascunho Sci-Fi/Ação
Escritores: Dick Clement and Ian la Frenais
Revisão: 25 de Março de 1992
Ainda mais maduro, e cheio de ação, esse roteiro trazia a aventura num mundo paralelo com dinossauros humanóides. Ainda menos humorístico que a ideia original, trazia até mesmo sátiras políticas. Esse roteiro ganhou o apelido de “roteiro Mad Max” por ter a mesma temática distópica. Esse roteiro foi descartado pela produtora que preferia algo menos politizado e mais leve.

Rascunho Sci-Fi/Romance
Escritores: Ed Solomon and Ryan Rowe
Revisão: 17 de Abril – 13 de Julho 1992
Depois do roteiro anterior, a Lightmotive contratou novos roteiristas para “remendar” o script e torná-lo mais leve e atraente pro público familiar. A produção já havia começado, e o relógio estava ficando apertado. Os escritores trabalharam sem o apoio ou opiniões do casal de Diretores. Isso causou tensão entre a produtora e os diretores, que não gostaram nem um pouco. Muita cenas foram re-escritas para ter um custo menor de produção, inclusive uma cena em que Koopa vira um Tiranossauro. Outra adição foi a cena de casamento inserida no final, e que Mario também se casaria com sua namorada Daniella. Essas cenas foram gravadas, mas acabaram sendo cortadas na sala de edição.

Rascunho Sci-Fi/Ação
Escritores: Ed Solomon, Parker Bennett and Terry Runté
Revisão: 17 de Abril 1992
O script ''arco-iris'', como ficou conhecido, foi batizado assim graças a um número absurdo de post-it’s e marca-textos coloridos usados para clarificar o que seria de fato filmado. Os escritores originais do roteiro, Bennett e Runté foram recontratados. Trabalhando dessa vez juntos ao diretor, queriam tornar o filme ainda mais leve e familiar contra o gosto dos diretores.

Galera, um minuto que vou no banheiro vomitar e já volto...

Voltando, vamos falar agora da produção onde os atores tiveram que ler e reler vários roteiros diferentes, toda hora mudando, o clima não poderia ter sido bom correto ? Sim é isso mesmo, os atores estavam totalmente insatisfeitos com os diretores era claro a insatisfação nos sets. Mario e Luigi chegaram a trabalhar bêbados e teve até um acidente de caminhão com Hoskins que quebrou a mão. Trabalhar bêbado é muita falta de profissionalismo mesmo com todos esses problemas...
Na pós produção o clima era tão ruim, que o casal de diretores foram ''convidados'' a se retirar das salas de edição do filme !!!

O filme estava pronto, e mesmo assim a Lightmotive espera lucrar com ele, 28 de Maio de 1993 foi o dia ''D'', as crianças foram aos montes no cinema mas por pouco tempo, as criticas sobre o filme foram pesadas, incluindo algumas sugerindo a não levarem seus filhos ! Para ''ajudar'', ''Jurassic Park'' foi lançado uma semana depois, acabando de vez com as chances de Super Mario Bros recuperar o dinheiro investido.

Bem, depois de muita história dos bastidores, vamos falar um pouco do filme em si que começa com uma introdução ridícula em desenho animado ao som da musica tema explicando que ''se'' os dinossauros não tivessem sido todos extintos, se desenvolveram e ficaram inteligentes numa dimensão paralela (sim, essa é a introdução do filme) e depois disso vemos uma mulher entregando um ovo (que irá chocar) para umas freiras... Aguarde para muitas surpresas !


Somos apresentados aos encanadores mais famosos do mundo mas que aqui os coitados estão numa merda federal, sem dinheiro para pagar as contas quando pinta um serviço que pode alterar suas condições financeiras, mas para azar deles, uma concorrente chega primeiro para atrapalhar seu negocio. Mas como nem tudo é só azar, a dupla conhece a ''princesa'' arqueóloga Daisy que Luigi fica apaixonado. Com a ajuda de Mario, marcam um jantar onde ficamos sabendo que os irmãos são órfãos e que Mario foi como uma mãe (sic) para Luigi ! E um pai e irmão também !!!!!

Para deixa-los mais a vontade, Mario e sua namorada vão embora enquanto Daisy irá mostrar seu local de trabalho a Luigi, quando a escavação é sabotada por um grupo que querem tira-la de lá.
Luigi chama ser irmão e acaba com a inundação que tinha sido causada, mas Daisy é sequestrada por dois capangas de Koopa e levada para outra dimensão ! Luigi e Mario vão em busca dela.

A outra dimensão é um lugar cheio de violência, que vivem os dinossauros humanoides, onde a unica lei é o Koopa. Qualquer coisa que afete sua ''integridade'' é punida com prisão. A cidade de Koopa até que é ''legalzinha'', mas iria combinar melhor num filme tipo ''Blade Runner''.  Os debiloides que sequestraram Daisy vão dar a noticia a seu chefe, mas eles perderam o mais importante, a pedra que ela carregava. Então Koopa ordena a caça dos encanadores já que Luigi está com a tal pedra.

XXX ???????? Filme adulto num filme do Mario ?
Mas como voltaram a ter azar, a pedra foi roubada pela Big Bertha !!!
Porque afinal o Koopa quer tanto essa pedra ? Como ela seu deseja de juntar ambas as dimensões se realiza, mas também é preciso a ''princesa'' Daisy !

Big Bertha, igual ao jogo !
Na rua, Toad (ou o que era para ser) está tocando uma musica anti-Koopa, com isso a policia chega para prende-lo e vê os dois encanadores e aproveitam e os levam também.
Na delegacia iremos conhecer os sobrenomes dos irmãos Mario !!!!! Qual é então ?
Mario !
Aaaaahhhh ?
É isso mesmo, o Mario se chama, Mario Mario e Luigi, Luigi Mario !!!!!

O filme é cheio de piadas sem graça, como por exemplo o dialogo entre os capangas de Koopa quando foram sequestrar a Daisy (e pegaram a namorada do Mario):
- Eu vou pegar a garota ?
- Essa não é ela !
- É ela sim, eu posso reconhecer, ela está disfarçada !
- Claro ela se disfarçou, acha que pode nos enganar ! Eu vou pega-la !
- Eu é que vou pega-la !
- Espere aí ! A gente sai e nós dois pegamos !
- Boa ideia, eu ensaco e você agarra !
- Não eu agarro e você ensaca !
- Foi o que eu disse...
- Exatamente !

Koopa possui uma máquina que é capaz de ''regredir'' ou ''evoluir'' qualquer um, aqui por exemplo é feito os Gombas que é os principais capangas do Rei, deixar pessoas inteligentes e até transforma-las em Donkey Kong !

Gomba.
Outra parte constrangedora é quando a princesa apresenta seu pai a dupla, ele é um fungo (!), a primeira vitima da maquina do Koopa ! Mesmo sendo um fungo (eca !) ele está espalhado por toda cidade e ajuda os irmãos diversas vezes. Se fosse um filme do Resident Evil até passaria mas isso num longa do Super Mario ????

Esse é o Rei Bowser, pai da princesa Daisy !
Lá pelas tantas os irmãos que precisam recuperar a pedra, vão a uma boate atrás de Big Bertha e Mario usa todo seu charme para recupera-la, mas no fim a mesma acaba na mão da Lena.

Mario tentando recuperar a pedra !
Como todo filme ruim, é claro que temos muitas cenas desnecessárias como o Koopa pedindo uma pizza:
- Aqui é do "Pizza Python", como posso ajudá-lo?
- É o rei Koopa aqui.
- Ah, sim, Sr.
- Eu gostaria de uma "Koopa Especial".
- Com borda de pterodátil?
- Sim. Dinossauros, lagartos, sem mamíferos, sem vermes... e, picante !

Talvez a parte mais fiel com o jogo é quando Mario usa a Babomb que isso sim é parecida com o do jogo.

Encontramos algo fiel do filme com o jogo (aleluia) ! 
Bem, como podem imaginar, o filme vai se desenrolando, cheio de clichês, a princesa é salva, o vilão morre, todos ficam felizes para sempre e ainda com um gancho no final para uma futura sequencia !!!! (Ainda bem que esse não fez sucesso, assim escapamos de ter mais porcaria...)

Essa bosta apesar de ser uma merda (ah ?) tem diversas referencias aos games, mesmo que em apenas de relance como blocos nos cenários, a batalha na ponte do Super Mario Bros original ou então personagens que não aparecem mas são retratados como nome de estabelecimentos como ''Hammer Bros Tattoos'', ''Boom Boom Bar'' ou ''Thwomp Stomper'' e claro os canos !

O que seria obvio, um filme baseado em videogame não poderia ficar somente nisso e então também foi feito um pesado trabalho de merchandising, confira alguns:

Brinquedos:






Trilha sonora em CD e Cassete:



Cards colecionáveis:


Como puderam ver, o investimento foi muito forte e o retorno...
Essa bomba custou aproximadamente 40 milhões de dólares e arrecadou a metade, para qualquer empresa é um prejuízo enorme, agora imaginem para um estúdio pequeno.

Talvez a unica vantagem em assistir esse filme é você poder dizer para seus amigos: Eu vi o filme do ''Super Mario Bros'' ! Mas consequentemente irão de olhar com cara feia...

Eu não vi a versão pornô ''Super Hornio Brothers'' (com a lenda Ron Jeremy), mas com certeza, pior que esse aqui não deve ser ! Só uma curiosidade, a Nintendo comprou os direitos dos filmes para evitar que os mesmos sejam distribuídos, mais ou menos com a Xuxa e o ''Amor Estranho Amor'' mas esse felizmente caiu na net (eu tenho !!!!!)



Bem, já está ficando grande demais esse post (pois é, quanto pior o filme, mais informações kkkkk)...
Quer saber mais sobre esse horrendo longa:
http://www.smbmovie.com/
Sim, existe até um site dedicado a essa bomba ! Sabe os roteiros que mostrei lá em cima ? Todos eles podem ser baixados no site oficial, obviamente em inglês.
http://www.smbmovie.com/SMBArchive/preproduction/script.htm

Super Mario Bros inaugurou e até hoje mantém o karma de filmes baseado em games ser 99,9% das vezes uma merda e felizmente essa bomba não se tornou jogo ao contrario de Street Fighter !
Um verdadeiro exemplo de como NÃO se deve fazer um filme !

Vamos encerrar o post ?
Em 2013 a Disney lançou nos Estados Unidos, Canadá e Japão uma versão especial em Blu-Ray + DVD com versão estendida, cenas deletadas, making off,  comentários, comerciais na TV e muito mais ! As chances de vir para o Brasil ? -1 (quero queimar a língua...)


Agradeço ao site poepra2.com.br para a criação desse post, muitas informações tirei de lá e também do site oficial do filme.

Para refrescar a memoria dos mais velhos, esse filme não foi o primeiro Live Action baseado no Mario, em 1989 foi criado o ''The Super Mario Bros. Super Show'' que era uma especie de sitcom na introdução, desenho animado e depois voltava com os atores. Foi estrelado por Lou Albano (Mario) e Danny Wells (Luigi) ambos já falecidos. Passou na Globo e era bem divertido.

Aqui o Luigi tem bigode !
Na boa, eu prefiro assistir cinco horas de culto da Igreja Mundial que assistir essa bronca novamente (é possível rir mais do Valdemiro Santiago).
Para finalizar, peço desculpas por lembrar que esse filme existe =)

Trailler



Super Mario Bros
Estados Unidos
1993 - 114 minutos

Direção:
Rocky Morton 
Annabel Jankel

Elenco:
Bob Hoskins (Mario)
John Leguizamo (Luigi)
Dennis Hopper (Koopa)
Fiona Shaw (Lena)
Samantha Mathis (Princesa Daisy)
Fisher Stevens (Iggy)
Richard Edson (Spike)

Download (dublado)


Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Muito legal a resenha, traz muitas informações dos bastidores.

    ResponderExcluir
  2. E eu nem sabia que tinha uma versão pornô disso!rsrs
    Bom, no post do dia 20 de Janeiro, lá no meu blog, você perguntou quais eram os filmes de terror que tinham sasquatches como monstros. Aí, não sei se você viu, mas eu deixei uma lista lá dos mais conhecidos.
    Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por me avisar Leo, me esqueci de ativar o envio de email para acompanhamento.

      Sobre o porno do Super Mario infelizmente é raríssimo, mas é possível ver algumas cenas no Youtube, obviamente sem sexo.
      1 Abraço

      Excluir
  3. Um dos filmes mais criticados de todos os tempos. Até Bob Hoskins disse que foi o pior filme que ele fez em toda a sua carreira. Mas sabe que eu achei até legal. (risos)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ''Super Mario Bros'' tivesse outro nome, sei lá, por exemplo ''Uma Dupla do Barulho'', ''Uma Dupla da Pesada'' ou qualquer outro nome e não fosse baseado oficialmente no game, poderia ter sido um pouco melhor !

      Excluir
  4. Esse filme dirigido pelo Harold Ramis e com um roteiro igual ao primeiro mostrado aqui seria um baita filme.

    Acho que essa resenha já foi até compartilhada aqui, não me lembro http://opoderosochofer.blogspot.com.br/2012/11/12-filmes-para-ver-antes-do-mundo.html

    ResponderExcluir
  5. neste filme as armas que os bandidos usam são as bazucas do videogame supernintendo. pelo visto andaram aproveitando o que encalhou.
    O B.bomb foi a parte que mais torci para que salva-se essa merda. foi incrível ver como todo mundo corria de todas as maneiras para ficar longe dela e no fim ele deu um estourinho VAGABUNDO de pobre.
    outra coisa foi ver esse luigi! além que o cara fez papel de bicha e tem jeito de viado!
    e mais coisa chata! agente NÃO vemos os heroi com seu uniforme do jogo(digo só uma frações de merda) nem aquele uniforme negro do poster aparece!
    os atores da serie animada são 10! é, e são o que agente gostaria de ver!
    com certeça é possivel fazer sim um bom file o problema é econtrar alguem que tenha boas ideias e com vontade. essa turma deixou claro que só queriam kakar grosso! e bem escuro.
    de que adiantou a Nintendo permitir um estúdio de merda fazer essa pobreza se no fim acabou ficando sem controle do mesmo jeito.
    elcio

    ResponderExcluir