Google+

18 de fev de 2016

Idamlik

Nosso herói está de volta !


O maior astro FILMELIXO está de volta numa super produção, se você acha que é o Chuck Norris, está enganado, Sady Baby então ? Não, o rei da putaria é hors concours então não entra na estatística !!! Eu estou falando do rei dos reis, o galã turco mestre de todas artes marciais que conquistou o cinema mundial !!! É claro que é o CUYNET ARKIN !!!! Quem mais poderia ser ???


Esse filme vai ser uma piração, quer apostar ?

IDAMLIK é um filme ''diferente'' do que estamos acostumados do mito Arkin. Aqui ele é Murat (pois é, o nome é sempre o mesmo), um honesto comissário separado da esposa mas que cria os dois filhos consigo. Ele é atencioso a carinhoso com seus filhos. Leva uma vida normal, caçando criminosos e salvando vidas. Mas certo dia sua vida mudou para sempre, seu filho menor morre ao beber leite envenenado, cabe a ele descobrir o que aconteceu.

Murat após descobrir que é o leite o problema de tudo, pela noite acorda um químico e começa a levar dezenas de caixas de leite para descobrirem qual é a que está contaminada. O honesto e pacato policial começa a invadir mercados e roubar leite !!! Isso mesmo, ele leva o leite para o químico analisar ! O curioso que o resultado sai praticamente na hora ! Após inúmeras analises e tudo feito pela noite e com certeza madrugada a dentro, finalmente descobrem a envenenada.

Mas porque citei que é ''diferente'' ? Geralmente estamos acostumados a vê-lo mulherengo, sarcástico, mas aqui conseguimos visualizar sua atuação digna de Oscar. Arkin faz um policial triste e amargurado que busca vingança pela morte do filho. IDAMLIK parece um drama policial com Charles Bronson, mas numa versão 15 vezes menor (ou melhor, fiquei na duvida).

Murat triste por alguma coisa...

O filme também trata do uso de drogas, das leves as mais pesadas, temos vários chapados aqui, inclusive tem um carinha que fica incomodando os pais pedindo dinheiro para compra-las e a cada dia que passa fica mais louco. Algo muito comum nos dias de hoje e que infelizmente também era normal lá na década de 80. Esse usuário ainda terá um papel chave na trama.

Murat ainda tem capacidade de se embebedar e bater na sua ex-mulher, algo inadmissível para um herói de seu nível. To falando que esse filme é contra todos os princípios que Arkin adquiriu em toda sua carreira cinematográfica que é infinita. Me lembrou até uma frase do goleiro Bruno poucos meses antes de ser preso:
- Muitos que são casados sabem que, às vezes, em um relacionamento, é preciso uma discussão, ou até mesmo algo mais sério. Quem nunca brigou ou até saiu na mão com a mulher? Em briga de marido e mulher ninguém mete a colher, xará. Quando a adrenalina está alta não tem lugar - afirmou


Murat também tem seu momento para relaxar.

Se não bastasse tudo isso, Murat ainda tem um chefe pé no saco que não o deixa trabalhar direito, sempre impondo regras e limitações. Me lembrou até o tenente xarope do Coca: O Preço de Uma Vida, que sempre falava no ''regulamento, regulamento'', até que chegou uma hora que mandaram ele enfiar o regulamento no rabo !!!!! kkkkkkkkk

Mas claro, IDAMLIK não é só tristeza, é obvio que temos muita diversão (involuntária e as vezes não) que somente os turcos sabem nos proporcionar. Um ótimo exemplo é quando o nosso herói vai salvar crianças que estão sendo ameaças por um lunático. Ele as tem sob seu controle num prédio e não para de fazer ameças, em mata-las os joga-las pela janela.

Murat é chamado para negociar com o vagabundo e com toda calma do mundo se prepara para o resgate. Enquanto os demais policiais o distraem, o herói sobe no topo do prédio e com apenas uma corda amarrada em si, começa a descer andar por andar até chegar de fato ao sequestrador. Essa cena é absurdamente legal !!! Gostaria de saber como eles fizerem isso, lá em 1981 e com pouquíssimos recursos. Curtam uma pequena sequencia em fotos:








IDAMLIK conta com uma cena de estupro e tortura relativamente bem feita, mas claro, para os padrões turco de qualidade, lembrando que o filme é de 1983. Obviamente não é um ''Irreversível'' do Gaspar Noé e com a Monica Belluci (*suspiro*) mas que convence.

Outro famoso que temos em IDAMLIK é Huseyin Peyda (sem barba) mas infelizmente com atuação em um papel menor, fazendo com que apareça pouco no filme.

Uma pena o Peyda ter um papel tão pequeno nesse filme.

Eu ainda não falei do diretor, o famoso (para quem acompanha o FILMELIXO pelo menos) Cetin Inanc, então não preciso dizer mais nada, certo ? A dobradinha Inanc e Arkin é a maior da história do cinema, fato ! Segue alguns clássicos postados aqui no blog:

Dunyayı Kurtaran Adam (Turkish Star Wars)
En Buyuk Yumruk
Olume Son Adim (Turkish Mad Max)
Olum Savasçisi (Death Warrior)
Vahsi Kan

E outro clássico do diretor mas sem o mestre Arkin:
Korkusuz (Turkish Rambo)


Inanc agora curte a vida.
Voltando ao filme, IDAMLIK ainda conta com um final, digamos ''surpresa'' pois é totalmente triste e pessimista, ao melhor estilo Rabid Dogs de Mario Bava que trouxe lá no inicio do FILMELIXO. Aproveitando, esse filme de Bava é muito bom, tem suas falhas técnicas e tal, mas tem um enredo que prende e vale muito apena ser assistido, trouxe para o blog pois é desconhecido e de vez em quando trago uns bons filmes assim.

Depois de tudo isso, é claro que IDAMLIK conta com muitas cenas de pancadaria gratuita para deixar orgulhoso até o Steven Seagal, incluindo uma bela cena de luta num trem em andamento. Me lembrou até o game Fatal Fury !!!

Luta com o trem em andamento !!!!

Vou ficando por aqui, agradecimentos eternos ao DougTrash por legendar mais esse filme ! Ele sabe que somos fãs do mestre Arkin !

Trailer (não tem, mas como é com o Arkin, não precisa de trailer mesmo)

Idamlik
Turquia
1983 - 78 minutos

Diretor:
Cetin Inanc

Elenco:
Cuneyt Arkin (Murat)
Sami Hazinses (Chefe FDP de Murat)
Huseyin Peyda (Bandido)
E mais alguns...

Download (versão legendada)
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

  1. Só mesmo esse blog para postar essas raridades turcas! Belo trabalho, continuem assim!

    ResponderExcluir
  2. Aceita Parceria? meu blog --> http://deepmedo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. É muita sacanagem! um homem não pode dar um leite quente pro seu pimpolho numa boa sem que o moleque morra!!
    Eu imagino alegria do herói ver que seu garoto ficou quieto após um copo grande.
    Mas imagine o drama depois que ele percebeu que seu filho morreu!
    Assim até eu fico puto! Tem que ir atrás desses vagabundos e mostrar que leite de madrugada não se envenena!!
    Vai que o herói também ficou afim de um goro do troço.
    Por sorte o homem desse leite ele não bebe!
    Elcio

    ResponderExcluir