Google+

17 de jul de 2014

Plan 9 from Outer Space

O melhor (ou seria o pior) filme de Ed Wood !


Tenho essa porcaria de blog a um ano e meio;  já postei filme de Godfrey Ho, de Lloyd Kaufman, de Ruggero Deodato, de José Adalto Cardozo, do Sady Baby, de diretores independentes, mas ainda não tinha postado do (talvez) pior diretor de todos os tempos, Ed Wood. Para corrigir essa falha, além de trazer esse clássico, ainda trago um ''plus'', que vocês irão ver no final do post. Antes de falarmos do filme, vamos conhecer um pouco sobre a vida de Wood.

Edward Davis Wood, Jr. nasceu em Poughkeepsie/Nova York em 10 de Outubro de 1924. Foi um produtor e diretor americano de filmes de terror, ficção científica, erótico e principalmente TRASH ! O seus trabalhos destacaram-se pelos limitados recursos técnicos e de orçamento dos quais dispunha. Com efeitos especiais ridículos, tinha cenas muitas vezes apresentadas de forma descontínua, com reaproveitamento constante de material não utilizado em outras produções.

De acordo com os livros ''Nightmare Of Ecstasy: The Life and Art of Edward D. Wood, Jr'' e ''Monsters in the Closet: Homosexuality and the Horror Film'', a mãe de Wood, Kathy O'Hara, costuma vesti-lo de mulher pois seu desejo era ter tido uma filha. Com isso, ele era considerado um crossdresing (que se veste com roupas do sexo oposto, mas não necessariamente se relaciona com o mesmo sexo) heterossexual. Mesmo adulto, as vezes saia na rua assim, então assumia seu alter ego de Shirley, que inclusive já apareceu em muitos roteiros e histórias.

Wood no filme ''Glen or Glenda''.

Com 12 anos, ganhou um presente que mudaria sua vida, uma filmadora. Seu primeiro emprego foi de porteiro num cinema, além de cantar e tocar numa banda como baterista. Sabia tocar vários instrumentos com corda.

Em 1942, se alistou na Marinha dos Estados Unidos, poucos meses após o ataque a Pearl Harbor. Estava envolvido na Batalha de Tarawa, entre outros, e durante a guerra, chegou a perder os dois dentes da frente e foi baleado várias vezes na perna por uma metralhadora. Wood alegou que ele temia ser ferido em batalha mais do que ele temia ser morto porque ele usava um sutiã e calcinha das mulheres sob seu uniforme.

Se muda para Hollywood/Califórnia em 1947 é então começa a roteirizar e dirigir pilotos para comerciais para TV além de westerns de baixo orçamento. No ano seguindo, produziu, estrelou e dirigiu um filme de comedia chamado ''Casual Company'', baseado em si mesmo, durante a guerra. Recebeu diversas criticas negativas...

Wood foi responsável pelos últimos filmes de Bela Lugosi, o célebre intérprete do Conde Drácula, de quem o diretor era grande admirador. Se conheceram em 1952 e tornaram-se grandes amigos, apesar de o filho de Lugosi achar que estava  aproveitando-se do seu pai por estar idoso o que muitos contam que não é verdade, pois Wood ajudou com sua depressão e dependência de analgésicos.

Apesar do descrédito de ser o ''pior'' diretor de cinema por parte dos críticos, seus filmes acabam por manter um certo ar humorístico, contando hoje em dia com uma legião enorme de fãs. Wood costumava trabalhar com os atores caricatos como Tor Johnson (ex-lutador de luta livre sueco, cuja face tornou-se uma máscara popular nas festas de Halloween) e o místico Criswell. Ele tinha obsessão por Maila Nurmi, atriz finlandesa que usava o nome de Vampira num programa de TV que apresentava. Wood escreveu vários papéis para ela, mas Maila só aceitou filmar "Plan 9 From Outer Space" e mesmo assim, sem falas !

Wood faleceu em dezembro de 1978 vitima de um ataque do coração. Em 1994, Tim Burton lançou ''Ed Wood'' com Johnny Deep, mas infelizmente o filme foi um fracasso. Eu sinceramente gostei, apesar de ter muitas ''lorotas'' do diretor como por exemplo o Lugosi depreciando o Boris Karloff, onde isso nunca aconteceu.  Recomendo para quem quer conhecer um pouco mais desse ''gênio'' trash.


Prepare-se agora para uma viagem sem volta, PLAN 9 FROM OUTER SPACE é talvez o filme mais bisonho de todos os tempos, quem conhece o FILMELIXO sabe que quando digo (ou escrevo) isso é porque o ''troço'' é pesado ! Esqueçam Manos, Cinderela Baiana, Robo Vampire, Cubo 2, Wet Wilderness, ou qualquer outra bomba que já passou por aqui ! Esse filme é realmente um obra prima do trash e talvez jamais será ultrapassado, por pior que seja o diretor e os atores.

O enredo é bem simples, aliens vem a Terra reviver os mortos para dominar os humanos que futuramente irão criar uma bomba capaz de destruir todos os planetas.

Aqui, as características de um tipico filme trash estão presentes, como por exemplo, atuações ridículas, cenários toscos que se movimentam com o vento, roteiro absurdamente ruim ! Isso tudo é que faz desse filme algo absolutamente ótimo para nós amantes de filmes assim !
Ed Wood não tinha ambição de ser um Alfred Hitchcock ou um Cecil DeMille, ele queria apenas se divertir, pois amava filmar. Com pouquíssimo recurso, Wood precisava ser criativo para driblar todos os inconvenientes que surgiam durante as filmagens de seus longas. Nesse aqui, Lugosi faleceu no meio das filmagens, ou melhor, na verdade, ele nem filmou nada, Wood usou filmagens descartadas de outros filmes seus e, acreditem, usou seu amigo Tom Mason, não creditado, para ser a versão zumbi de Lugosi ! Para ninguém ''perceber'' isso, Mason ficava com o braço na frente do rosto, sendo que ele é visivelmente mais alto, magro e jovem !!!!

Tom Mason como ''dublê'' de Lugosi!
Os personagens dão um toque diferenciado, especialmente dois:
Tor Johnson, o gigante lutador sueco de luta livre marmelada, que fez vários filmes, aqui ganha mais falas que normalmente tem em outros longas, até tenta fazer um personagem serio já que faz um papel de policial (e de morto vivo), mas é cômico demais.
Maila Nurmi ou Vampira, conforme creditado, foi uma apresentadora famosa nos Estados Unidos, com o programa ''The Vampira Show'', mas após o cancelamento entrou em decadência e assim finalmente aceitou em participar em um filme de Wood, conforme já citado lá em cima. Aqui ela faz uma morta viva que anda para todo lugar com os braços esticados e estáticos ! Destaque também para o tamanho de sua cintura !

Os cenários é outra coisa que não posso deixar passar. O cemitério tem cruzes provavelmente feitas com papelão, que ainda balança com o vento !!!!!
O avião onde um dos heróis atua (ele é um piloto) parece ser um quartinho onde colocaram duas cadeiras e uma cortina bagaceira. Os manches parecem... parecem... sei lá o que parece aquilo, pegaram algo redondo, cortaram no meio e pintaram de preto, é algo realmente hilário, nunca vi nada parecido, nem nos filmes dos Trapalhões tem algo tão escroto !!!!! kkkkkkkkkkkkkkkk
E os discos voadores ? O que é aquilo ?
Sem contar nas cenas de arquivos que Wood pegou de outros filmes com imagens do exercito, causando confusão em toda continuidade, mas claro, isso torna o longa ainda mais divertido. Uma curiosidade, o filho de um dos atores era policial e conseguiu os veículos e as roupas oficiais, pois é, nem tudo foi ruim, apenas 99% !

O filme começa com uma introdução do amigo de Wood, Criswell, que era uma especie de Walter Mercado das antigas, mas com menos bizarrice. Quando assistirem, observem que ele não foi nem capaz de decorar, tendo que ler o script:

Prognostico de Criswell...
Saudações, meu amigo.
Nós todos estamos interessados no futuro, para isso você e eu iremos gastar o resto de nossas vidas.
E se lembre meu amigo, eventos futuros como estes afetarão você no futuro.
Você está interessado no desconhecido, o misterioso, o inexplicável.
Isso é o motivo de você está aqui. E agora, pela primeira vez, nós estamos trazendo a você a história completa do que aconteceu naquele dia fatal.
Nós estamos lhe dando todas as evidências, baseado, só nos testemunhos secretos das almas miseráveis que sobreviveram nesta terrível provação. 
Os incidentes, os lugares, meu amigo, não podemos manter este segredo mais. 
Nos deixe castigar o culpado, nos deixe recompensar o inocente. 
Meu amigo, seu coração pode resistir aos fatos chocantes sobre ladrões de covas do espaço sideral ?

Entendeu alguma coisa ? Tudo bem, eu também não...
Com isso é possível prever o que virá adiante, não ? Isso mesmo, bobagem atrás de bobagem, atuações ridículas e diálogos enfadonhos ! Talvez eu não possa trazer nenhum destaque, pois tudo no filme é horrível, é mais que obrigatório para os amantes do trash.
Esse filme é tão ruim, mas tão ruim, que ficou bom; é uma divertida comédia de se assistir, mesmo para aqueles que não gostem de trash. Ganhou o status de cult, e inspirou diversas coisas, como por exemplo:

Plan 9 from Bell Labs

O Plan 9 é um sistema operacional descendente do Unix e desenvolvido pela Bell Laboratories. Ele não é variante Unix, mas é muito parecido. O Plan 9 explora várias "simplificações" do modelo Unix original. Isso incrementa a experiência de usar e programar o sistema, notavelmente em ambientes multi-usuários distribuídos. O Plan 9 foi um projeto interno da Bell Labs por muitos anos, mas a distribuição pública feita em 1993, seguida por uma versão encolhe-envolve em 1995. A Bell perdeu o interesse comercial no projeto após a década de 1990 e distribuiu uma terceira versão sobre um licença não-livre (porém com o código fonte disponível) em 2000, e finalmente sobre uma nova licença open source em 2002. Esta é a quarta, e atual, edição do sistema.

Os Direitos para um produto derivado, Inferno, são de propriedade de uma companhia britânica, Vita Nuova. O Inferno compartilha muitas das semelhanças de conceitos de design do Plan 9, mas usa uma nova linguagem de programação de aplicativos, a Limbo, que vem acompanhando de uma máquina virtual, Dis. O Inferno é vendido como um sistema operacional embarcado open source.

Um ambiente funcional instalável existe para x86, mas existem versões do Plan 9 rodado no Intel, MIPS, Alpha, SPARC, PowerPC, ARM e outras arquitecturas. O sistema por si é escrito em um dialeto do ISO/ANSI C; muitas aplicações foram anteriormente escritas em uma linguagem chamada Alef, que tiveram que ser reescritos no mesmo dialecto em C. Ele pode importar programas POSIX e pode emular o Berkeley socket interface. Ele tem um suporte completo ao UTF-8, e um sistema de janelas chamado "Rio".

Fonte: Wikipedia

Muitos não sabem, mas até jogo saiu !!!

Plan 9 from Outer Space (jogo)


Plan 9 From Outer Space é um jogo estilo ''aponte e clique'' lançado em 1992 pela Konami para Amiga, Atari ST e DOS. A história é simples, as bobinas do filme foram roubadas e cabe ao jogador recupera-las, visitando os sets de filmagem. A versão DOS vinha de brinde o filme em VHS !




 

Plan 9 From Outer Space... Strikes Again !
Uma continuação não oficial da história feita em quadrinhos.


Plan LIVE from Outer Space
Foi uma peça teatral canadense que inclusive ganhou um prêmio de melhor peça de comédia numa premiação em Toronto.


Plan 69 from Outer Space
A parodia porno não poderia faltar, né ? Ainda mais com a gata Dyanna Lauren !


Acreditem, PLAN 9 FROM OUTER SPACE tenta passar uma mensagem para o publico, onde são os terráqueos que irão destruir a Terra e todo o universo, devido a sua ganancia e mesquinharia, por isso os aliens vieram nos destruir. Será Wood prevendo o futuro ?
Acredito que realmente mereça o título de PIOR FILME DE TODOS OS TEMPOS !

Estamos quase no final da resenha e cade o ''plus'' ? Bem, a surpresa é que trago duas versões, a original em preto e branco, e a versão colorida !
Essa nova versão foi lançada pela Legend Films no ano de 2005. Teve alterações em alguns pequenos detalhes como por exemplo:


Repare nos quadros acima da cama, teve alteração em um deles, mas curiosamente foi em apenas um take. Outra coisa, nessa versão é ainda mais fácil notar o duble do Lugosi !

Vou ficando por aqui, e cuidado com os aliens !
PS: No final do filme tem outra mensagem de Criswell !!!!

Trailer



Plan 9 from Outer Space
Estados Unidos
1959 - 79 minutos

Direção:
Ed Wood

Elenco:
Gregory Walcott  (Jeff Trent)
Mona McKinnon  (Paula Trent)
Duke Moore (John Harper)
Tom Keene (Tom Edwards)
Tor Johnson (Dan Clay/Ghoul)
Maila Nurmi (Vampira)
Bela Lugosi (Ghoul)
Criswell (Narrator)

Download (versão original legendada)

Download (versão colorida legendada)
Comentários
9 Comentários

9 comentários:

  1. Vi esse filme há muitos anos ainda em VHS. Aliás, no próprio estojo da fita dizia: ´´Esse é considerado o pior filme do Mundo``.
    Procede, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procede sim !!!! Mas Cinderela Baiana não fica muito atrás !!!!!

      Excluir
  2. Adoro esse, clássico rs tem uma adaptação em comics muito boa tbém!

    ResponderExcluir
  3. também vi isso algum tempo, não acreditava na fama do diretor, precisava ver para crer e depois que vi podem ter certeça! eu assino em qualquer papel para confirmar isso.
    soube que wood morreu em um asilo de desgosto.
    também! deve ter levado muitas criticas que o deixaram abalado além da constante falta de $$$.
    a esposa dele se divorciou quando descobriu que ele curte usar roupas de mulher.
    cara deve ter sido barra assumir esse lado ainda mais na época!
    mas o cara merece um credito pela enorme insistência por ter feito tantos filmes apesar dos comentários.
    eu seria um! eu diria! (wood! pare de fazer filmes, você só faz porcaria, vá fazer outra coisa na vida ou eu mesmo vou lhe meter um pé na sua bunda)
    elcioch

    ResponderExcluir
  4. "O melhor (ou seria o pior) filme de Ed Wood !"

    Isso é porque você ainda não viu The Sinister Urge...

    DougTrash

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conhecia esse, vou ver se encontro.

      Abs.

      Excluir
  5. Só uma correção, o "Rifftrax Live" não é uma peça de teatro, e sim o mesmo pessoal que fez a série "Mystery Science Theater 3000" (a mesma que descobriu o Manos) fazendo piadas sobre o Plano 9, s´oque ao vivo.
    E, outro dia, eu vi o "Plan 69 from outer space" numa sessão dupla com "Plan 10 from outer space".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu o aviso Doug !
      E que coragem assistir dois ''Plans'' em sequencia !!!!

      Excluir
  6. Valeu pela postagem do filme colorido!

    ResponderExcluir