Google+

19 de abr de 2014

Coca: O Preço de uma Vida

Ao melhor estilo Sady Baby, mas sem putaria.


Muitos anos antes do Capitão Nascimento tocar o terror nos vagabundos; em 1991, o Sargento Carlos era o fodão da policia e para ele bandido bom é bandido morto. Mas quem ? Sargento Carlos ?
Vamos lá, Carlos é um tipico policial brasileiro, trabalhador, honesto e pai de família. Mas de uma hora para outra, sua vida vira de pernas para baixo. Após liquidar os integrantes de uma quadrilha de
trafico de drogas, Lombardi, o chefão da vagabundagem resolve se vingar matando sua mulher e sequestrando seu filho. A partir daí é possível imaginar o que acontece...

Filmado no final da Boca do Lixo, COCA é com certeza um dos piores filmes brasileiros de todos os tempos. Melhor ainda, um dos piores da história do cinema. Para se ter uma ideia, está do mesmo nível ou quem sabe até pior que Manos, Cinderela Baiana, ou qualquer outro do Sady Baby, mas sem sacanagem. Por falar no Sady, se nesse filme tivesse cenas de sexo, passaria claramente como sendo um filme do mestre da putaria. Alguns exemplos, a qualidade da imagem, as atuações ridículas, uma história fraquíssima e com milhares de furos e a maior de todas, uma participação (aqui podemos dizer que é especial, pois é minuscula) do maior parceiro, Renalto Alves.

Por essas e outras que é difícil fazer uma lista com melhores/piores, sempre aparece algo que pode melhorar/piorar as coisas. Mesmo sendo lá do inicio da década de 90, eu só fui conhecer essa bomba em 2012, por sinal, é difícil de encontrar resenhas na internet (até eu escrever a minha, localizei somente duas), e nem menção no IMDB tem (mas no Filmow tem !). Ou seja, é obscuro até mesmo na net !!!!! Mas o Filme Lixo está aqui para trazer o de pior no mundo do cinema !

Mas vamos o que interessa né ? Vamos dar risada e destrinchar essa merda !
Começando pela capa, repararam num ''clone'' do cantor Roberto Carlos ?
Outra coisa, olhem a qualidade dos textos nos créditos iniciais:



Um ''pai de santo'' (pois está todo de branco, se não for eu não sei o que é kkkkkk), surge numa praça cobrando vários comerciantes, vendedor de milho verde, de algodão doce, de bonecos, em banca de revistas, aborda até uma mulher (que não deve ser puta, pois está com bastante roupa), mexe na sua bolsa e leva o dinheiro. Esse cara deve ter caminhado mais que carteiro vindo de greve.
É legal de se reparar o pessoal rindo, ou segurando o riso e alguns olhando para câmera, é muito engraçado !
Para encher linguiça, aparece uns policiais dentro de uma boate abordando uns caras mas depois vão embora.
As musas da boate.
Depois disso, a policia recebe uma chamada para interceptar uma negociação de traficantes, aparece somente dois policiais, mas quando chega no local desse quatro !
Bem, a negociação é fantástica, chegando no local que de fachada é uma lavanderia, um dos vagabundo chega batendo na mesa:
- O que deseja ? - Pergunta a recepcionista.
- Eu quero falar com o Bill ! - Responde o cara.
- Ele sabe do que se trata ?
- Sim, eu sou o Ted, ele está me esperando. (Bill e Ted ?)
- Queiram me acompanhar!
Então eles entram
- Este é o sr. Bill ! 
- Como vai Bill ? Aqui está a muamba !
Bill experimenta:

Bill experimentando a coca.
- É, parece que é de boa qualidade !
- E a grana, cara ? (depois de meia hora...)
- Foinha, trás a grana ! (na verdade não entendi o nome que ele chama, acho que é esse)
Bill abre a mala e Ted analisa o dinheiro de longe por um segundo.
- Eu não aceito esse dinheiro, esse dinheiro é falso !
- Mas a coca você também não leva !
- Não é do meu feitio aceitar ordens de ninguém ! (uma hora depois)
- Ha ha ha, está nervoso... ? Rapazes, deem um jeito nele !
Chega os comparsas (na verdade chega mais um) e acontece o primeiro tiroteio que para variar foi muito engraçado ! Os caras parecem umas lagartixas com câimbras quando morrem ! Outra coisa, se puderam notar nos diálogos, enquanto um falava, outro demorava um tempo para responder, tipo um retorno de áudio nos links moveis das reportagens ! Muito bom, só tinha visto isso no Manos. kkkkkkkk

O Bill morreu e ficou com o braço levantado ?
Quando os vagabundos saem para rua a policia os aborda, o interessante que lá do outro lado da rua !!!! O chefão pega uma mãe de refém que estava passando, a menina que estava com ela começa a bater no bandido ! Eita menina porreta ! Com isso ela é baleada. Os bandidos fogem de carro (e a policia não vai atrás...), e mesmo com o tiroteio, é possível ver várias pessoas de boa na rua olhando como se nada tivesse acontecido ! kkkkkkk
A ambulância chega e leva a menina e um policial que ficou baleado. Do nada, filmaram um helicóptero mas o áudio que colocaram é de um avião ! PQP !

Agora aparece uma repórter que irá entrevistar o Sargento Carlos, notem que pelo dialogo ela deve ser partidária da Maria do Rosário, ou seja, defende bandido:
- Estamos aqui no centro de São Bernardo do Campo onde ouve um violento tiroteio envolvendo uma quadrilha de traficantes de cocaína e policiais. Aqui ao nosso lado está o Sargento Carlos. Sargento, é necessário que a policia seja tão violenta assim. 
- A policia não é violenta, nós apenas cumprimos a lei. A lei diz que devemos prender os traficantes de cocaína, viemos prende-los e eles reagiram, três pessoas morreram, duas estão em estado gravíssimo, inclusive uma é policial, e o interessante é que elas foram feridas não pela policia, e sim pelos marginais.
- E este então foi o resultado da operação ?
- É, foi mais ou menos isso, que para nós foi danoso o resultado, nós apreendemos uma pasta de cocaína avaliada em milhões de cruzeiros. (os vagabundos deixaram cair na fuga)
- Morreu algum policial ? (que repórter burra, o Sargento já falou sobre isso.)
- Um policial está em estado grave.


A repórter entrevistando o Sargento Carlos.
Voltando aos vagabundos, eles trocam de carro, e matam um religioso que pediu piedade (bem que na capa já avisava que esse filme era violento).
Conhecemos então Lombardi (esse é o clone do RC), o chefão do crime, e sua casa com piscina e rodeado de belas mulheres (bem melhores que conhecemos na boate). Ted chega e comenta que ficaram somente com o dinheiro falso. Lombardi ''mija'' ele, pois não gosta que mate policiais.

Agora vamos conhecer o chefe do Carlos, o Tenente Marcelo. A equipe do Sargento chega de boa:
- Tudo bem chefe ?
- Você acha que está tudo bem ? Vocês acham ? Vão se sentando. Vocês não aprendem mesmo, e você é um imbecil (olhando para Carlos), não mandei que aguardassem reforços ? E qual foi o resultado ? Duas vitimas inocentes e um policial morto.
Entre as discussões o telefone toca; era um colega dando a informação de um suspeito e assim Carlos e seu parceiro vão verificar. É o tal de Branca, um carinha que apareceu no inicio do filme sendo abordado na boate. Ele é um X-9 e dedurou um cara que vende cachorro quente e também drogas. Esse vendedor coloca o papelote dentro do pão !
Mas como no mundo da bandidagem, traíra não tem vez, Branca é dedurado e tem o fim que vocês devem imaginar, foi fuzilado em plena rua.

Branca será fuzilado !
O Sargento Carlos está de olho no vendedor de cachorro quente, quando chega um carro (um Puma, se lembram dele) para comprar. Mas na verdade ela veio para mata-lo. Fiquei até com pena do cara, ele foi todo gentil com ela:
- Fiz um especial para você Gina !
Atentos, a policia de São Bernardo do Campo é do tipo, atira primeira e pergunta depois, causando a morte dela com um tiro na cabeça.
Sempre que vejo uma mulher com o nome de Gina me lembro da música da extinta dupla ET & Rodolfo: Se você quer que a Gina vá embora, vá Gina, vá Gina !

O Roberto Carlos cover, quer dizer o Lombardi, volta a dar outra ''mijada'' em Ted, agora reclamando que mataram uma criança e os noticiários não param de passar isso. Com a morte de duas pessoas é claro que a repórter sensacionalista iria estar lá. Lombardi promete:
- Você é um homem morto Sargento.
Aí quando mostram a Gina morta Ted diz:
- Gina ? Chefe mataram a minha Gina ! Mataram, esses canalhas, mataram minha Gina !


Mídia sensacionalista !!!
Temos uma surpresa agora, Lombardi na verdade não é o chefão maior do crime, e sim uma tiazona chamada Ornela ! Ela é recebida por Ted:
- Prazer em reve-la dona Ornela !
- Eu não tenho muito prazer não...
- Lombardi está a sua espera, venha...
Putz, ela é pulso firme ! Um detalhe, quando o Ted recebe a chefona, a câmera está focado nela, parece que a ''atriz'' faz um sinal para ele começar a falar ! Muito bom !!!
Encontrando Lombardi, aí sim a ''mijada'' toma conta !!! Mas ele promete recuperar a droga que está com a policia, mas especificamente com o Sargento Carlos.

A tiazona dando esporro no Lombardi !

Lombardi após levar mijada da chefona...
O filme está ficando cada vez melhor, os vagabundos vão fazer vigília na casa do Sargento, com o objetivo de fazer alguma maldade a sua mulher e filho. Quando Carlos sai, fica um segurança, mas não foi suficiente contra os marginais. Agora reparem numa coisa, olhe aonde o pai guarda as armas, bem a vista de seu filho de 11 anos ! Duas coisas, ou o filho é muito bem regrado, ou o pai é muito irresponsável !



Ted e Lombardi invadem facilmente a casa e dão um fim no policial que fazia a segurança. A mãe ainda é estuprada por Ted. Enquanto isso, o Tenente Marcelo passa a ficha criminal dos miliantes a Carlos:
Lombardi - 5 assassinatos, assalto a bancos, assassino de tiras ! (mas o próprio Lombardi é contra matar tiras...)
Ted - Traficante perigoso procurado no Brasil e Paraguai, assassino nato !
A intenção é tirar Carlos do caso porque é muito perigoso e passar para a Federal ! Pera aí, a policia quer cair fora porque é perigoso ? Essa foi demais...
O perverso Ted liga para Carlos é diz apenas:
- Sua mulher já era, cara !

Obviamente, o honesto policial volta para casa e encontra sua mulher sendo levada pela ambulância  gravemente ferida. Seu parceiro entra na casa e encontra o policial que foi assassinado.
PARA ! PARA ! PARA ! PARA !
O pessoal do resgate , só tirou a mulher e não fez nada com o corpo do policial ? Ele ficou exatamente do jeito que caiu morto, detalhe, sem sangue algum. É legal de ver o choro muito forçado do parceiro de Carlos, aí o herói chega, e ele não está mais chorando, depois corta para ele chorando e ta louco, que edição de merda ! É claro que não podia deixar passar que a repórter sensacionalista chegaria no local !

Lombardi, fica sabendo que a mulher não morreu, então qual a ideia dos vagabundos ? Se disfarçar de médico e invadir o quarto dela. Aqui outra cena boa, dois ''médicos'' vão até a porta do quarto, onde está um segurança:
- Onde é que vocês vão ?
- Viemos medicar a paciente.
- Tenho ordens para não deixar ninguém entrar.
Porra ! Nem médico pode entrar ???????? Eu sei que eles estavam disfarçados, mas é obvio que o segurança não sabia, então ele iria barrar até os médicos ???????
Lá os marginais dão um fim a coitada da mulher...

Voltando ao departamento de policia, Carlos insiste em se manter no caso, as o Tenente Marcelo, diz que não, pois esse era um assunto da Homicídios (não era da Federal ?) e é o regulamento, até que uma ligação do ''simpático'' Lombardi faz com que a ira de nosso heróis desperte:
- Sargento Carlos ? Ha ha ha... já liquidamos a sua esposa lá no hospital... leve a cocaína lá no Sacolão... e vá sozinho... se você quiser ver o seu filho vivo... vá sozinho, se não você vai se arrepender... 
Carlos ficou puto e se despede de seu chefe:
- Sabe o que você faz com esse seu regulamento ? Enfia ele no rabo ! Por causa desse regulamento mataram a minha mulher ! Está entendendo ?

O Sargento vai em casa e começa a ter uns flashbacks, até que chega a repórter, com a mesma roupa que apareceu pela primeira vez no filme. Carlos pega uma escopeta mas a defensora de bandido tenta conte-lo, mas é em vão. Uma revelação, a repórter ama o policial ! Porra, a mulher do cara mal morreu e já quer ficar com o lugar dela ? VTC ! Pelo menos ela faz uma coisa boa, vai até o Tenente Marcelo pedir para ajudar Carlos que foi sozinho resgatar seu filho no tal Sacolão.

''Ele ainda não percebeu o quanto eu o amo...'' 
 Estamos no final do filme e aqui que temos as melhores cenas top do cinema brasileiro !!! Carlos chega no Sacolão, que deve ser tipo uma fruteira ou mercado, sei lá, e é recepcionado por uma gatinha:
- Aonde está o Lombardi ?
- Ele está te esperando. Lombardi !
Surge então um dos capangas que estava escondido mas é surpreendido pela esperteza e agilidade do policial. Aí Carlos exclama:
- EU NÃO GOSTO DE MATAR MULHER, PORRA ! Atira na gatinha - Mas você me traiu...
O nosso herói não vai ter piedade dos vagabundos !

Carlos está observando o local até que surge um matador pronto para atirar, mas o Sargento é salvo pelo seu parceiro que apareceu para ajudar !
Do nada, finalmente aparece Renalto Alves na sua participação especial cheirando coca com uma mulher, uma cena que não acrescenta em nada a trama, como se isso fizesse diferença nessa merda de filme...
Agora pinta o Tenente Marcelo, que chega e já sai matando duas mulheres ! O curioso nessa cena, é que a primeira mulher está apontando uma arma olhando para baixo, e na segunda morte, o Tenente aponta para o mesmo lugar, sendo que ela não estavam próximas ! Eita !

Após a morte de mais um marginal e o parceiro de Carlos ser baleado, ele se encontra com Ted, que entram em confronto físico e verbal:
- Você vai pagar pelo que fez com a minha (va)Gina ! É isso aí tira maldito, você vai pagar pelo que fez com a minha mulher, mas eu também fiz com a sua, eu currei a sua mulher !
Depois de uma briga pessimamente mal feita, Carlos está na mira de Ted, mas é salvo pelo seu chefe, adivinhem, com o mesmo take que usaram na cena da morte das mulheres !

Chegamos a qual eu acho a melhor cena do filme e nem vou descrever, assistam:


Porque rolou essa cena ? Eu sinceramente não sei dizer, colocaram do nada, ela não tem ligação nenhuma com o que rolou no filme ! Ou provavelmente ouve muitos cortes, sei lá... De qualquer maneira, é muito engraçado ver o pessoal louco para rir, uns até armados ali, essa cena é realmente uma das piores já filmadas na história !
Depois da chacina, Carlos que dá um esporro no Tenente ?
- Que estrago hein, Tenente ? E o regulamento ?
Meia hora depois...
- Essa gente estava destruindo nossa juventude. Elas foram pro inferno junto com o regulamento.

Ambos então vão atrás do chefão final, pera aí, mas não era aquela tiazona ? Era, mas ela sumiu do filme faz tempo...
Lombardi aparece com uma mulher, e ordena Carlos a entregar a mala com cocaína. Ele o faz mas fica na mira, do bandido e sendo um alvo fácil para morrer, até que chega [censurado] e salva os policiais ! HA HA HA não vou contar ! Assistam !

Por se tratar de um filme de Alex Prado, você esperava ver mulher pelada, né ? Já vou avisando, aqui não tem, o máximo é as ''bailarinas'' da Boate Pilão, que por sinal aparecem mais nos créditos que no próprio filme. Para os homens, quando forem para São Bernardo do Campo já sabem a onde irem se divertir (ou por onde passar longe) ! kkkkkkkkkkkkkkkk


Essa perola foi dirigida por Rubens da Silva Prado, ou pelo seu pseudônimo Alex Prado que dirigiu outras bombas como ''Sexo Erótico da Ilha do Gavião'' (cara, na boa, que merda de nome é esse ?), ''Experiencias Sexuais de um Cavalo'' (parece nome dos filmes do Sady), ''Gregório 38'', ''Sangue em Santa Maria'' (ambos faroestes) e um tal de ''Maniaco do Parque''. Sim, sobre um dos bandidos mais famosos do Brasil, onde o próprio diretor o entrevistou, mas infelizmente nunca conseguiu lançar esse filme comercialmente (viu como existe filmes obscuros ?). Infelizmente não sei dizer se é trash ou não, mas a chance de ser uma merda é de 99% ! Por curiosidade segue um cartaz.


No site Cinemateca.gov.br, consta que COCA tem 80 minutos, a versão que trago para vocês tem 53 minutos, não sei se no site está errado ou se a versão está toda cortada (se for isso poderia explicar muitos furos no roteiro). Enfim, COCA tentou ser um filme de ação, mas se tornou uma comédia involuntária, com isso a diversão é garantida (ou não...).

PS: Dei uma ajustada na capa !


Trailer (não tem, pensem num filme do Sady sem putaria)

Coca: O Preço de uma Vida
Brasil
1991 - 53 minutos

Direção:
Rubens da Silva Prado

Elenco:
Orlando Lurial (Sargento Carlos)
Armando Ghioldi (Tenente Marcelo)
Roberto Torres (Lombardi)
Maria Carmo Rodrigues (Reporter)
Olga Ghioldi (Ornela)
Renalto Alves (Cheirador que aparece alguns minutos no filme)

Download
Comentários
12 Comentários

12 comentários:

  1. Já que você mencionou outros filmes do Rubens da Silva Prado, mais 2 curiosidades sobre eles que talvez você até já saiba: Sexo Erótico na Ilha do Gavião é um relançamento de outro filme dele chamado A Febre do Sexo, ou seja, ele pegou outro filme dele que já existia (e que já não era bom), acrescentou algumas cenas novas e relançou com outro nome (fazendo um filme pior ainda); e em Experiências Sexuais de um Cavalo o próprio Rubens da Silva Prado entrou pessoalmente nas cenas de sexo de verdade do filme.
    Bom, temos que reconhecer que os filmes dele fogem bastante do convencional, né? Se são bons ou não, depende de quem vê.rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Leo, não sabia dessas curiosidades ! O Rubens Prado então é bem picareta !!!!!

      Excluir
  2. Acabei de assistir. É tão ruim que é bom. Abraço, Fernando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que não tenha passado mal kkkkkkk
      Abs !

      Excluir
  3. Não existe nem uma cópia do Maníaco do Parque em circulação?

    ResponderExcluir
  4. Não sei Master, a informação que tenho é que passou somente no Cinemateca em São Paulo e nunca foi lançado infelizmente.
    Umas curiosidades de bastidores:
    Rubens Prado descobriu que tinha um tumor no cérebro e teve de ser submetido a uma cirurgia que o deixou dois anos se tratando e com isso o filme ficou parado até Prado voltar.
    Pouco depois, a equipe ficou abalada com a morte, de Cleber Armeloni, que interpretou o maníaco na infância no município de Guaraci/SP em um acidente de trânsito.
    As mulheres que interpretam as vitimas são modelos sem experiencias como atrizes.

    ResponderExcluir
  5. Fiz uma busca no Google e parece q o filme tá no You Tube. Vou ver e posto aqui

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que esse que encontraste é na verdade um documentário.

      Excluir
  6. Agora que eu vi. É aquela porra de"Tribunal na TV". Pensei que era o filme do Alex Prado. Pode apagar meus comentários repetidos

    ResponderExcluir
  7. Estou procurando o seriado "Fur TV" aquele dos bonecos sacanas se conseguir coloca ai porque é hilário outra hora baixo essa bagaça ultimamente to meio que sem saco pra ver filme nacional, abraço e continue firme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse seriado é muito bom, procurei um tempo atrás mas não encontrei nada, mas vou procurar novamente.
      Abraço !

      Excluir
  8. huahuahua! a cena que você deixou para ver eu vi umas 4 ou 6 vezes e ri as em todas.
    eu estive olhando atendo para os movimentos do fuzilados.
    começando por olhar para as caras de coitados e na hora de cair...
    as mulheres são uma piada mas o premio vai para um sujeito que chega levantar o rabo se agita todo e vai cair lá no fundo.
    hua hua!
    elcioch

    ResponderExcluir